Header Ads Widget

Responsive Advertisement

Ceará: Academias e instituições religiosas têm novas restrições no combate a pandemia

 

Academias funcionam com novas regras e limitações

O decreto publicado nesta quarta-feira, 17, pelo governo do Ceará, inclui novas regras para o combate a Covid-19, e mexe em alguma categorias como academias e igrejas. As medidas são para frear a contaminação pelo Sars-Cov-2, que tem mostrado números preocupantes no Ceará e em maior preocupação em Fortaleza.

As academias, clubes e afins, estão limitados ao funcionamento de até às 20h em dias úteis, e às 15h aos sábados e domingos, pois não encaixam-se em serviços essenciais.

Agora também é obrigatório a limpeza dos calçados por higienizadoras ou tapetes de hipoclorito de sódio a 2%. Além do limite de 1h de permanência dentro dos estabelecimentos fechados. Os exercícios com trocas de objetos entre alunos estão proibidos. Guarda volumes podem ser utilizados de forma alternada, e com redução de 30% da disponibilidade.

Atividades físicas em ambientes fechados/climatizados está proibida em municípios com não estejam na fase 4 do Plano de Retomada da Economia.

Igrejas recebem restrições presenciais no Ceará

Já as igrejas poderão funcionar presencialmente em municípios cearenses autorizados a ingressar na fase 2 do Plano de Retomada Responsável das Atividades Econômicas e Comportamentais do Estado. 

 

A capacidade alterna de acordo com as fases em que os municípios encontram-se. 20% na fase 2; 50% na fase 3 e 100% na fase 4.

Igrejas e templos religiosos devem passar por higienizações periódicas e respeitar o intervalo mínimo de 2h para cada celebração. A instituição religiosa deve esclarecer aos fiéis sobre os devidos cuidados ao combate da Covid-19.

Na entrada dos estabelecimentos, deve ser medida a temperatura de cada pessoa, sendo proibida a entrada de pessoas com temperaturas a cima de 37,5°C, além da disponibilidade de álcool 70%.

 

Postar um comentário

0 Comentários