Últimas Notícias

Servidores decidem decretar greve por atraso salarial


Os servidores do município de Canindé decidiram paralisar as atividades a partir do dia 19, caso a gestão municipal não pague os salários referentes ao mês de outubro até a próxima quarta-feira, 14 de novembro. A decisão foi tomada em Assembleia realizada na manhã desta sexta-feira (9) na sede do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Canindé-Sindsec. Os servidores também decidiram pedir o bloqueio das contas da prefeitura por via judicial para tentar garantir o pagamento de forma integral. Participaram da Assembleia servidores das secretarias de Saúde e Educação.

Segundo o calendário da prefeitura, o pagamento teve início na quinta-feira (8), com os servidores inativos do IPMC; no dia 9, a previsão de pagamento é dos servidores das secretarias do Fundo Geral e parte da Educação; dia 12, a previsão de pagamento é para os servidores da Secretaria de Saúde e, no dia 14, a previsão é que o governo continue pagando a Educação.

A Presidente Regina Lemos criticou o calendário divulgado pela prefeitura principalmente o da Secretaria de Educação.

“Isso não é calendário para Educação, vamos comunicar o município da paralisação, ninguém quer paralisação, mas se o pagamento não for resolvido os professores vão paralisar na segunda-feira (19)”, disse a presidente Regina. Para decretar a greve, o sindicato precisa fazer a comunicação ao município e aguardar o prazo das 48 horas, por isso haverá aula normal até a quarta-feira (14) da próxima semana. Já na quinta (15), será feriado da proclamação da República e sexta-feira (16) será imprensado.

Fonte: SINDSEC. 

Nenhum comentário

Pedimos aos usuários que logo abaixo da caixa de comentários ao invés de anonimo, coloquem nome/url e coloquem a identificação a fim de comprovar seus cometários, é muito importante que vcs se identifiquem assim suas opiniões serão mais aceitas. Aos que persistirem no anonimato será feita a devida moderação nas palavras e afirmações comentadas.

Não utilizem palavras ou frases que ataquem ou agridam a outrem direta ou indiretamente, o portal C4 Notícias modera os comentários mas não se responsabiliza pelas opiniões deixadas por seus leitores.

att
Equipe C4 Notícias