Últimas Notícias

MULTIDÃO ACOMPANHA PROCISSÃO COM IMAGEM DE SÃO FRANCISCO NO FINAL DOS FESTEJOS EM CANINDÉ.


REITOR DIVULGA TEMA DA FESTA DE 2019.

‘’FAÇA O BEM, SEJAMOS MEUS IMITADORES, COMO SOU DO SENHOR’’.

Mantendo uma tradição de 260 anos, a imagem de São Francisquinho, como é carinhosamente chamada a primeira estatueta de São Francisco das Chagas, percorreu as ruas centrais de Canindé e retornou à Praça da Basílica, em mais uma edição da procissão de encerramento dos festejos franciscanos.

O andor com o santinho que mede 65 centímetros, arrastou multidões e, foi acompanho por mais de 25 mil pessoas. O cortejo seguiu sob a coordenação do Reitor, Frei Marconi Lins, do Pároco Frei Jonaldo Adelino e do Ministro Provincial Frei João Amilton dos Santos, da Província de Santo Antonio do Brasil.

A procissão é um dos pontos principais da festa para os romeiros. “É o momento em que os peregrinos renovam a fé e a devoção a São Francisco”, explica o Reitor do Santuário Frei Marconi Lins que coordenou as festividades pela quarta vez.

Para o Reitor Frei Marconi Lins, é grande a responsabilidade de estar à frente da coordenação da festa e recepção dos romeiros. “É muita responsabilidade estar conduzindo, assumindo e orientando uma festa de tantos romeiros. Mas nós conseguimos desenvolver todo o projeto elaborado para a romaria”, disse Frei Marconi.


Segundo ele, os festejos de 2018 superaram a expectativa, seja em organização ou na participação dos romeiros. “Nestes quatro anos que acompanho a realização desta festa franciscana, esta foi a melhor, em todos os sentidos, principalmente na tranquilidade, no acolhimento, na segurança, nas parcerias com a Prefeitura, no trabalho dos voluntários, entres outros”, completa Frei Marconi que faz aniversário ontem.

O sucesso do evento é creditado ao trabalho em parceria entre a Paróquia Santuário e os Governos do Estado e do Município, que se mobilizaram para dar o melhor ao romeiro.

Com o tema: ‘’Senhor fazei-me um instrumento de vossa paz’’, a festa começou na madrugada da segunda-feira, 24 de setembro na maior romaria franciscana das Américas. 10 dias de louvores ao santo mais popular do planeta marcaram as festividades. Mesmo com as eleições deste ano, o calendário não sofreu alterações e os festejos foram realizados no calendário normal, e, se encerraram ontem dia 04 de outubro com uma grande procissão pelas ruas da cidade as 16hs.

Canindé é a cidade do Sertão Nordestino que exemplifica como poucas no País, a persistência da devoção em São Francisco das Chagas, o santo cuja mensagem atravessou os séculos para unir, na fé, homens e mulheres de todos os lugares do planeta. Era notoriamente desprovido de vaidade. No entanto, a sua generosidade o fez admirado por uma multidão de fiéis. Assim o povo de Canindé, ao prestar mais uma homenagem ao santo dos pobres e pequenos, age para multiplicar a sua compaixão.


De família rica, São Francisco abraçou a pobreza para levar amor, onde houvesse ódio. Nada mais justo, pois, que sua romaria, nos 260 anos de devoção, se torne símbolo deste encontro fraternal que leva o seu nome em Canindé, cidade localizada no meio do Sertão, um símbolo de fé sem limites.

O santo do milênio nasceu no dia 5 de julho de 1182 na Itália e morreu aos 44 anos no dia 03 de outubro de 1226. Fazem 836 anos que o santo mais popular do planeta nasceu. Há exatos 790 anos foi canonizado, mais precisamente no dia 16 de julho de 1228.

‘’’Nossa grande preocupação era com acessibilidade, levando em conta que cresce o número de romeiros e idosos com necessidades especiais’’, mais tudo ocorreu dentro das nossas expectativas finalizou Frei Marconi Lins.

Fotos e texto de Antônio Carlos Alves





Nenhum comentário

Pedimos aos usuários que logo abaixo da caixa de comentários ao invés de anonimo, coloquem nome/url e coloquem a identificação a fim de comprovar seus cometários, é muito importante que vcs se identifiquem assim suas opiniões serão mais aceitas. Aos que persistirem no anonimato será feita a devida moderação nas palavras e afirmações comentadas.

Não utilizem palavras ou frases que ataquem ou agridam a outrem direta ou indiretamente, o portal C4 Notícias modera os comentários mas não se responsabiliza pelas opiniões deixadas por seus leitores.

att
Equipe C4 Notícias