Últimas Notícias

Grupo trajando camisetas do candidato à presidência da República Jair Bolsonaro tumultua aula no IFCE Canindé

Foto: Cleber Fernandes - C4 Notícias

O Sindicato dos Servidores do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (SINDSIFCE) publicou uma nota de repúdio à tentativa de intimidação e constrangimento de estudantes e professores, registrados nesta quarta-feira, 17/10/2018, no Campus Canindé, do IFCE, durante o evento acadêmico Universo IFCE.

Pessoas trajando camisetas do candidato à presidência da República Jair Bolsonaro (entre elas, dois estudantes do campus) tentaram tumultuar atividade que ocorria em uma sala de aula, um dos minicursos do Universo IFCE, evento realizado pela administração do Instituto, de forma planejada e organizada, inclusive com necessidade de inscrição prévia para cada atividade.

O grupo havia chegado ao Campus Canindé perguntando na recepção em qual sala de aula haveria um minicurso sobre História e Fascismo, que, devido a um problema com o professor, que faltou, acabou não sendo ministrado nesta quarta-feira.

Diante da ausência deste curso, o grupo passou a percorrer diversas salas de aula, procurando um outro alvo. E acabou por entrar e permanecer por algum tempo em uma das salas, com um comportamento marcado por tentativa de intimidação e constrangimento. De forma veemente e desconectada com o tema do minicurso que então era ministrada, passaram a fazer de forma insistente perguntas sobre "meritocracia" e "comunismo".

Foram então lembrados de que o minicurso precisava ter sequência com seu conteúdo anteriormente preparado. E se retiraram da sala logo após darem seu "show" particular, para constrangimento e receio dos estudantes.

Não houve agressão física, mas clara tentativa de intimidação e constrangimento, além de desrespeito a uma atividade acadêmica. A intenção não foi, em nenhum momento, de participar do minicurso, e sim de tumultuar a atividade, intimidando os participantes.

O SINDSIFCE repudia a atitude e reforça a defesa da Escola sem Mordaça, da autonomia dos professores e do Instituto, do respeito à educação e à democracia. O Sindicato cobra da Reitoria atenção e segurança para garantir a continuidade das atividades acadêmicas e a integridade física e moral de estudantes e servidores. E ressalta que o caso se soma, tristemente, a vários outros já registrados em contextos semelhantes, em diversas instituições educacionais, de diferentes modalidades.

Nossos jovens não podem recorrer à tentativa de intimidação, em vez do debate de ideias livre e democrático. Não podem cair no discurso fácil dos que tentam utilizar a violência como propaganda e têm como hábito o desrespeito e a ameaça a quem pensa diferente. O Sindicato se solidariza com a comunidade acadêmica do Campus Canindé e destaca a necessidade de plena garantia da liberdade, do pensamento, da educação.

Fonte: SINDSIFCE

Nenhum comentário

Pedimos aos usuários que logo abaixo da caixa de comentários ao invés de anonimo, coloquem nome/url e coloquem a identificação a fim de comprovar seus cometários, é muito importante que vcs se identifiquem assim suas opiniões serão mais aceitas. Aos que persistirem no anonimato será feita a devida moderação nas palavras e afirmações comentadas.

Não utilizem palavras ou frases que ataquem ou agridam a outrem direta ou indiretamente, o portal C4 Notícias modera os comentários mas não se responsabiliza pelas opiniões deixadas por seus leitores.

att
Equipe C4 Notícias