Últimas Notícias

ASSENTAMENTOS DE CANINDÉ SERÃO BENEFICIADOS COM CRÉDITOS SEMIÁRIDO.


A Superintendência Regional do Incra no Ceará, com sede em Fortaleza, vai investir R$ 5 mil por cada morador de assentamentos do Sertão Central Cearense, por meio da linha de Crédito Semiárido. Cada família vai receber essa quantia para investir em segurança hídrica - com captação, armazenamento e distribuição de água para consumo humano, animal e produtivo.


Estes municípios são integrantes da listagem que tiveram emergência reconhecida pela Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil devido ao longo período de estiagem, por meio da Portaria nº 62, de 15 de maio de 2017.


A Prefeita Rozário, compareceu no lançamento e falou de mais um pioneirismo de sua Administração, quando traz projetos que beneficiam o homem do campo.


O Delegado da Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário (Sead), Rosilônio Magalhães, e o Técnico da Pasta, Flamarion Alencar, falaram sobre o Programa; parcerias, elogiando a determinação que a Administração Municipal teve para trazer este benefício para o município.


O Secretário Roberto Lopes marcou para próxima semana inscrições para o Projeto.


A Câmara Municipal participou do evento com os vereadores, Chico JUSTA (líder do governo), Carlos Anastácio e Karlinda Coelho, representada pelo esposo, Marcos Coelho.


O senhor Antônio Mota, Presidente da Associação local, agradeceu a Prefeitura escolha de Jacurutu para ser primeiro na apresentação do Crédito Semiárido.


Os Secretários Municipais, Jesus Romeiro, Arleise Matos e Alex Justa; Representantes do MST; Presidentes de Associações, Técnicos agrícolas do município, prestigiaram solenidade.



Os agricultores sinalizaram que os créditos serão utilizados em parceria para benfeitorias nos lotes: perfuração de poços, barreiros e pequenos sistemas de irrigação, com o objetivo de implementar a produção agropecuária: criação de animais de pequeno porte e plantação de culturas anuais – a exemplo de melancia, macaxeira/mandioca, feijão-de-corda.

Canindé é o Município brasileiro com o maior número de Assentamentos do país. Ao todo são 72 áreas, sendo 63 do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária - INCRA e 09 do Instituto de Desenvolvimento Agrário do Ceará – IDACE.


Para o assentado Antônio Mota de Jacurutu, o crédito vai dar uma sobrevida no assentamento. “Para nós, que estamos sofrendo com essa seca há tantos anos, esses R$ 5 mil representa vida, porque só com a água poderemos desenvolver os meios de produção e termos renda pra viver”, declara.


Segundo o Secretário de Agricultura e Recursos de Canindé, Roberto Lopes o crédito Semiárido é uma grande oportunidade para o público da reforma agrária. “Com o crédito semiárido o Incra auxilia as famílias assentadas a combaterem essa longa estiagem, que já assola o Sertão há mais de sete anos e que castiga o nosso povo”, explica.



De acordo com a prefeita de Canindé Rozário Ximenes, os efeitos com a chegada dos recursos na economia beneficiarão indiretamente toda a região. “Essa linha de crédito tem efeito multiplicador e beneficia o município inteiro, pois a economia local, consequentemente, vai ganhar mais”, afirmou.


Na sua visão, longos ciclos de seca e poucos períodos de chuvas são as características climáticas que mais marcam o Semiárido. Com uma abrangência territorial de cerca de um milhão de km², essas regiões abrigam mais de 20 milhões de pessoas, distribuídas em oito estados do Nordeste e em um do Sudeste. Mesmo com pouca água, a economia da área é baseada na agricultura familiar.

Fotos e texto de Antônio Carlos Alves

Nenhum comentário

Pedimos aos usuários que logo abaixo da caixa de comentários ao invés de anonimo, coloquem nome/url e coloquem a identificação a fim de comprovar seus cometários, é muito importante que vcs se identifiquem assim suas opiniões serão mais aceitas. Aos que persistirem no anonimato será feita a devida moderação nas palavras e afirmações comentadas.

Não utilizem palavras ou frases que ataquem ou agridam a outrem direta ou indiretamente, o portal C4 Notícias modera os comentários mas não se responsabiliza pelas opiniões deixadas por seus leitores.

att
Equipe C4 Notícias