Últimas Notícias

PEREGRINAÇÃO DE NOSSA SENHORA EM CANINDÉ JÁ DURA 73 ANOS.


Quando o pároco Frei Jonaldo Adelino, abrir oficialmente no dia 1º de maio, os festejos alusivos a Nossa Senhora, na Paróquia de Nossa Senhora das Dores em Canindé, o sacerdote estará entrando para a história da religiosidade da cidade que abriga o maior santuário franciscano das Américas.
Serão 73 anos de peregrinação de Nossa Senhora pelos colégios, instituições filantrópicas e residências do perímetro urbano de Canindé. Tudo começou em 1954m quando frei Edgar Hutten para comemorar a passagem da virgem peregrina de Fátima em Canindé nos dias 7 e 8 de dezembro de 1953, deu inicio as procissões que hoje mantém viva essa tradição.
De acordo com Cirano Alisson, a devoção mariana do povo canindeense, é tão ligada a esta igreja matriz de Nossa Senhora das Dores, abençoada no longínquo ano de 1886. ‘’Aqui vivemos momentos importantes de nossa fé e queremos fortalecer o significado desta igreja mariana de nossa Paróquia-Santuário’’, ressalta o coordenador de liturgia da paróquia.
‘’São Francisco que tinha uma belíssima devoção mariana, marcada pela contemplação da Mãe do Senhor, unida ao Seu Filho pelo mistério da Encarnação e da Redenção, ajuda-nos também a contemplar Maria como Virgem feita Igreja, como rezava na belíssima Saudação à Mãe de Deus, por ele composta’’, disse.
Que a Mãe das Dores, Mãe Daquele que é a Luz do mundo, nos ajude a vermos hoje, os desafios de nossa realidade que exigem nossa resposta pastoral, através de gestos que nos unam na construção do Reino do Pai, Reino de justiça e paz.
Contemplando as maravilhas que Deus realizou nela, Maria afirma: “Todas as gerações me chamarão bem-aventurada” (Lc 1,48), queremos ouvir outras vozes, como a dos pobres, dos sofredores, das crianças, dos jovens e das famílias, que encontram apoio na intercessão da Virgem Mãe de Deus, em suas dificuldades, mas também em sua esperança.
Celebremos com alegria e fé as festividades da Mãe das Dores neste ano bicentenário da criação de nossa Paróquia-Santuário e neste bendito Ano Nacional Mariano, terceiro centenário do encontro da imagem de Nossa Senhora da Conceição Aparecida nas águas do Rio Paraíba do Sul, São Paulo.
Outro motivo de celebração no novenário deste ano são os 138 anos de devoção à Mãe das Dores em Canindé. A Igreja que tem um carinho especial pelos canindeenses e é conhecida como Igreja das Dores foi abençoada no ano de 1886 pelo então Bispo da época, Dom Joaquim José Vieira e foi matriz provisória durante cinco anos iniciando em 1910 após uma Festa de São Francisco, quando a Basílica precisou passar pela grande reforma em suas estruturas.


Foto e texto de Antônio Carlos Alves

Nenhum comentário

Pedimos aos usuários que logo abaixo da caixa de comentários ao invés de anonimo, coloquem nome/url e coloquem a identificação a fim de comprovar seus cometários, é muito importante que vcs se identifiquem assim suas opiniões serão mais aceitas. Aos que persistirem no anonimato será feita a devida moderação nas palavras e afirmações comentadas.

Não utilizem palavras ou frases que ataquem ou agridam a outrem direta ou indiretamente, o portal C4 Notícias modera os comentários mas não se responsabiliza pelas opiniões deixadas por seus leitores.

att
Equipe C4 Notícias