Header Ads Widget

Responsive Advertisement

IRMÃS CLARISSAS ESTÃO HÁ 23 ANOS EM CANINDÉ.


As Irmãs Clarissas, conhecidas como as amigas de Francisco chegaram ao município de Canindé no dia 11 de agosto de 1994, vindas do Mosteiro de Santa Clara, em Campina Grande-PB.

Durante os festejos alusivos à São Francisco das Chagas de Canindé que ocorrem de 24 de setembro a 04 de outubro, nas novenas realizadas na Praça do Romeiro é fácil encontrar as irmãs participando das celebrações.

Este ano, elas comemoram 23 anos de evangelização alusivos à Santa Clara no Mosteiro do Santíssimo Sacramento.

Durante os 10 dias elas participam de louvores, novenas, adorações, confissões e noites culturais com apresentações de artistas locais.

As Irmãs Clarissas chegaram a Canindé em 1994, vindas do Mosteiro de Santa Clara, em Campina Grande, na Paraíba. As religiosas vieram com o objetivo de completar a presença da Família Franciscana na cidade.

Seguindo a inspiração de Santa Clara e de São Francisco, as Clarissas seguem vivendo em favor da consagração total a Deus. Permanecendo em clausura, dedicadas de modo especial à oração e à contemplação, elas procuram unir-se à Igreja e à humanidade em seus anseios. As Irmãs entendem sua vocação como um doar-se completamente à causa religiosa, no anonimato e silêncio do Mosteiro.

História

Santa Clara de Assis nasceu na Itália, em 1194, e faleceu no ano de 1253. Ela foi fundadora do ramo feminino da Ordem Franciscana. Segundo a tradição, seu nome vem de inspiração de sua mãe, que "haveria de ter uma filha que iluminaria o mundo".

Destacou-se desde cedo pela caridade e pelo respeito para com os pequenos, tanto que, ao deparar-se com a pobreza vivida por São Francisco de Assis, foi imediatamente tomada pela tendência de segui-lo.

Junto com outras jovens, Santa Clara e Santa Inês formaram a primeira ordem das Irmãs Pobres de São Damião, que passariam a chamar-se Clarissas, após a morte de Santa Clara de Assis.


Foto e texto de Antônio Carlos Alves

Postar um comentário

0 Comentários