Canindé

[Canindé][bleft]

Regional

[Regional][twocolumns]

A ARTE DE TOCAR SANFONA: JOVEM SANFONEIRO FAZ SUCESSO EM CANINDÉ.


De toque refinado Werter Júnior faz da sanfona um instrumento comum e de fácil manuseio.

‘’Sanfona Brasileira toca a alma da gente’’. A frase de Dominguinhos, um sanfoneiro que deixou saudades nos meios musicais, principalmente do caboclo do sertão, permanecerá viva na mente de todos por muito tempo. É o que promete Werter Júnior de 19 anos, residente em Canindé, que faz sucesso na sua cidade de origem e na região. Com sua SCANDALLI já tocou para astros da música, com destaque para Jonas Alves, Didi dos Brasas do Forró e Hildebrando do Acordeon. Ele entrou para o mundo da música com 16 anos incentivado pelo pai Werter Cavalcante carinhosamente conhecido na cidade por Japuara.

Ao instrumentista, o que realmente interessa é estar abraçado ao fole. "A sanfona faz parte do corpo. O sanfoneiro sem sua sanfona está aleijado, lhe falta um pedaço", afirma.

Empolgado com a apresentação do jovem que tem uma vocação muito forte pelo solo, o sanfoneiro Jonas Alves disse que Werton Júnior tem um futuro muito grande pela maneira como domina a sanfona.

‘’Estar surgindo um novo astro da sanfona: ele tem talento e impressiona pelo toque e assim está surgindo no Sertão do Ceará, mas precisamente em Canindé um astro da música que vem se tornando a expressão musical pela maneira como trata o instrumento’’, relata Hildebrando do Acordeon, que já tocou com o garoto.

‘’É como dizia Luiz Gonzaga: a sanfona é o instrumento que tem o traço cultural do povo, como o violão para a Bossa Nova, o pandeiro para o sambista do morro, o piano para o músico erudito. Com uma vantagem: a sanfona é o instrumento que fica mais perto do coração’’.

O sanfoneiro já passou por aulas teóricas e práticas, e seu grande objetivo é uma arte mais apurada. O sonho imediato é chegar ao nível de Waldonys grande ídolo um sanfoneiro refinado e de toque apurado, contou Werton Júnior.

A Lei Nº 11.769, de agosto de 2011, que institui obrigatoriedade da música no currículo escolar, fará com que outros artistas possam atingir a perfeição de Werter Júnior. O surgimento do jovem mostra o quanto à sanfona faz parte da vida do sertão. ‘’Ele está mantendo viva uma arte muita antiga, que ganhou o coração de todos os brasileiros, que é a arte de tocar sanfona’’, aponta Didi dos Brasas.

‘’O garoto tem muito futuro pela frente. Precisamos apostar nessa nova geração. Tocar sanfona é a arte das artes e ele mostra o quanto é importante defender essa cultura sertão afora’’, avalia o artista.

SANFONEIROS.


A história dos sanfoneiros nordestinos se estende ao longo do tempo. Há algumas datas especiais. Em 13 de dezembro de 1913, Dia de Santa Luzia, nasceu Luiz Gonzaga, em Exu (PE). Nas décadas seguintes, ele iria popularizar o baião, oferecendo um perfil definitivo à sanfona nordestina.

Patativa do Assaré disse que a sanfona e Luiz Gonzaga eram o "Nordeste em carne e osso". A partir de sua obra, a sanfona tornou-se ícone da música nordestina. As primeiras sanfonas chegaram ao Nordeste no século XVI, com a vinda dos portugueses para a região.

Mas a popularidade nacional só surgiu com Luiz Gonzaga. Foi o pai, Januário, que lhe deu as primeiras aulas. Arriscava-se em pequenas apresentações. Com o tempo, percebeu a sonoridade bonita ao juntar à sanfona o triângulo e o zabumba. O fato é que a sanfona continua em alta no Nordeste, com destaque para o Ceará.

O menino afirma não ter medo e nem vergonha de nada. Aliás, é com a sanfona que ele expressa os sentimentos mais sublimes, como o amor e a fé. Católico e herdeiro de uma família religiosa, vê na sua relação com o instrumento à manifestação da cultura e da identidade de sua gente. Que digam aqueles que já tiveram o privilégio de ouvir o novo ícone da música nordestina.

Fotos e texto de Antônio Carlos Alves
Post A Comment
  • Blogger Comment using Blogger
  • Facebook Comment using Facebook
  • Disqus Comment using Disqus

Nenhum comentário :

Pedimos aos usuários que logo abaixo da caixa de comentários ao invés de anonimo, coloquem nome/url e coloquem a identificação a fim de comprovar seus cometários, é muito importante que vcs se identifiquem assim suas opiniões serão mais aceitas. Aos que persistirem no anonimato será feita a devida moderação nas palavras e afirmações comentadas.

Não utilizem palavras ou frases que ataquem ou agridam a outrem direta ou indiretamente, o portal C4 Notícias modera os comentários mas não se responsabiliza pelas opiniões deixadas por seus leitores.

att
Equipe C4 Notícias


Prefeitura

[Prefeitura][grids]

Ceará

[Ceará][list]

Nacional

[Nacional][bsummary]

Plantão Policial

[plantão policial][threecolumns]