Canindé

[Canindé][bleft]

Regional

[Regional][twocolumns]

PROJOVEM CAMPO – SABERES DA TERRA FORTALECE CIDADANIA NO SERTÃO DE CANINDÉ.


Um Programa que fortalece a cidadania e assegura um novo conceito de educação no campo. É o PROJOVEM Educação no campo, saberes da terra que entrega as primeiras turmas no mês de agosto de 2017.

O programa tem como objetivo ampliar o acesso e a qualidade da educação, respeitando as características da população que vive no campo, foi com este objetivo que a Prefeitura de Canindé através da Secretaria de Educação, PROJOVEM Campo Saberes da Terra, implantou no Município através de uma parceria com o Governo Federal, e que visa à qualificação profissional e escolarização de jovens agricultores com idade entre 18 a 29 anos e que não concluíram o ensino fundamental.

Além disso, os 100 jovens de cinco turmas inscritos no programa recebem uma bolsa no valor de 100,00 reais a cada dois meses, o equivalente a R$ 600,00 ano. Os professores técnicos de ciências agrárias, linguagem de códigos, ciências humanas e ciências da natureza e matemática recebem R$ 900,00. Já o de Ensino Fundamental R$ 800,00. O projeto custará em dois anos, R$ 800 mil reais, com recursos do Banco do Brasil.

Os 11 professores receberam formação específica para o PROJOVEM Campo Saberes da Terra, que foi levado aos alunos da zona rural, das regiões de Fresco, Carnaúba dos Barrosos, Japuara, Bonitinho e Targinos.


“Acredito que o Município só tem a ganhar, porque gera emprego, foram contratados 11 professores e dois técnicos. O Município está preocupado em trazer ao nosso povo geração de emprego, renda e qualificar esses jovens, que foram excluídos da educação por motivos justificados, mas que agora as portas se abrem para que eles possam ser inseridos no meio educacional e reconquistar o seu espaço na sociedade”, disse a Prefeita Rozário Ximenes.

“É uma formação completa, que vai desde conhecimentos gerais a áreas específicas de como cuidar da terra, como cultivar, e daí até se sustentar e manter sua família. São regiões que foram escolhidos, então a comunidade toda vai ser beneficiada, desde o princípio quando fizemos a adesão ao programa foi pensando no benefício para esses alunos, mas principalmente para suas comunidades, demostrando mais uma vez a preocupação, a responsabilidade do nosso Prefeito, em trazer sempre melhorias para nossa população, pensando sempre na qualidade de vida até da vida dessas pessoas”, disse a Secretária de Educação Arleis Matos.

Para o professor e técnico em Ciências Agrárias, Nilberto Nunes que atua no povoado de Carnaúba dos Barrosos e Cachoeira dos Alves, o programa representa a valorização dos costumes existentes no campo, porque trabalha com elementos que são próprios dessa população, porque não adianta está inserido no meio rural e trabalhar em sala de aula outros elementos que talvez as pessoas não conheçam, não tenham contato, então fica mais fácil construir uma aprendizagem com elementos já existentes no meio rural, enfatizou o professor.

A formação faz parte do processo de ensino de hortas que produzem alimentos da agricultura familiar, produtos naturais, a serem transformados em defensivos agrícolas, além do sistema de criação de galinha, ovino, caprino e bovino das comunidades inseridas no programa.

Objetivo: Desenvolver políticas públicas de Educação do Campo e de Juventude que oportunizem a jovens agricultores (as) familiares, com idade entre 18 a 29 anos, excluídos do sistema formal de ensino, a elevação de escolaridade em Ensino Fundamental com qualificação profissional inicial respeitada as características, necessidades e pluralidade de gênero, étnico-racial, cultural, geracional, política, econômica e produtiva dos povos do campo. 
Ações: 

Promover a elevação de escolaridade em Ensino Fundamental, integrada a qualificação social e profissional inicial para educandos.

Oferecer a especialização “lato sensu” aos educadores e coordenadores das áreas do conhecimento em efetivo exercício e curso de atualização pedagógica para os educadores da qualificação profissional. Lato sensu é uma expressão em Latim que significa "em sentido amplo". ... De acordo com o MEC (Ministério da Educação), as pós-graduações "lato sensu" devem ter duração mínima de 360 horas. Os cursos de pós-graduação mais longos que englobam mestrado e doutorado são designados por "stricto sensu" (em sentido estrito).


Texto e fotos de Antônio Carlos Alves
Post A Comment
  • Blogger Comment using Blogger
  • Facebook Comment using Facebook
  • Disqus Comment using Disqus

Nenhum comentário :

Pedimos aos usuários que logo abaixo da caixa de comentários ao invés de anonimo, coloquem nome/url e coloquem a identificação a fim de comprovar seus cometários, é muito importante que vcs se identifiquem assim suas opiniões serão mais aceitas. Aos que persistirem no anonimato será feita a devida moderação nas palavras e afirmações comentadas.

Não utilizem palavras ou frases que ataquem ou agridam a outrem direta ou indiretamente, o portal C4 Notícias modera os comentários mas não se responsabiliza pelas opiniões deixadas por seus leitores.

att
Equipe C4 Notícias


Prefeitura

[Prefeitura][grids]

Ceará

[Ceará][list]

Nacional

[Nacional][bsummary]

Plantão Policial

[plantão policial][threecolumns]