Últimas Notícias

DANILO FORTE RETOMA DISCUSSÃO SOBRE MINA DE ITATAIA.


O parlamentar se reuniu nesta quarta-feira com o diretor de Recursos Minerais da INB Laércio Aguiar Rocha e com o secretário de Recursos Hídricos do Governo do Estado, Francisco Teixeira, para discutir a viabilização do empreendimento.


Prospectada para ser responsável pela produção de 40% a 60% de extração de fosfato em todo território nacional quando estiver em operação, a mina de Itataia, localizada em Santa Quitéria, voltou à pauta de discussão entre o governo do Estado do Ceará e representantes das Indústrias Nucleares do Brasil S.A (INB), responsável pelo projeto. Nesta quarta-feira, 18, o diretor de Recursos Minerais da INB Laércio Aguiar Rocha veio a Fortaleza, acompanhado do deputado federal Danilo Forte (PSB-CE), e do coordenador do Projeto Santa Quitéria, José Roberto de Alcântara, para reunião com o secretário de Recursos Hídricos do executivo estadual, Francisco Teixeira.


Os executivos apresentaram ao gerente da pasta o pedido de licença prévia para instalação de uma adutora no açude Edson Queiroz, para servir à vazão à mina, mesmo que este processo não utilize grande volume de água. A solicitação foi bem vista pelo secretário Francisco Teixeira. Segundo ele, “adutoras têm baixo impacto ambiental, descartando inclusive a necessidade de desmatamento para sua efetividade”. Atendendo a uma solicitação da SRH, a INB garantiu que em breve apresentará estudo de otimização da água a ser utilizada.


“Nossa vinda ao Ceará é uma sinalização de que queremos retomar as relações entre a INB e o governo do Estado que resultarão na concretização deste longo projeto, que deve ter vida útil de até 25 anos”, destacou Laércio Aguiar Rocha. 



Engajado na instalação da mina desde 2005, o deputado federal Danilo Forte garantiu que a geração de fosfato e urânio na jazida “será a salvação econômica da região. Estão sendo investidos cerca de 1 bilhão de reais, resultando em mil empregos diretos na obra. Estudos nos apontam a geração de 3 mil empregos indiretos, além dos impostos que ficarão para nosso Estado. Isso tudo é benefício com a chegada da mina”, destacou o socialista.



A intenção da direção da empresa é apresentar em breve serão ao governador Camilo Santana pareceres acerca de investimentos para levar energia e estradas da jazida à CE-020. Quando da entrega do levantamento, os dirigentes convidarão Camilo a visitar a mina ao lado do presidente da INB, João Carlos Derzi Tupinambá.



Em operação, a mina de Itatiaia prevê uma produção anual de 1.050.000 toneladas de derivados fosfatados e de 1.600 toneladas de concentrado de urânio. O minério fosfatados será extraído e beneficiado obtendo-se o ácido fosfórico, usado na produção de fertilizantes e ração animal. Já o urânio será aproveitado na geração de energia elétrica.



Com informações da Assessoria de Comunicação do Deputado Federal Danilo Forte.

Foto do Gabinete de Danilo Forte.

Nenhum comentário

Pedimos aos usuários que logo abaixo da caixa de comentários ao invés de anonimo, coloquem nome/url e coloquem a identificação a fim de comprovar seus cometários, é muito importante que vcs se identifiquem assim suas opiniões serão mais aceitas. Aos que persistirem no anonimato será feita a devida moderação nas palavras e afirmações comentadas.

Não utilizem palavras ou frases que ataquem ou agridam a outrem direta ou indiretamente, o portal C4 Notícias modera os comentários mas não se responsabiliza pelas opiniões deixadas por seus leitores.

att
Equipe C4 Notícias