Últimas Notícias

CANINDÉ DEFENDE PRESERVAÇÃO DA FAUNA E DA FLORA.


O Município de Canindé será um dos primeiros a se adequar as novas regras de um Projeto desenvolvido pelo Governo do Estado do Ceará, que visa preservar a fauna e a flora de maneira sustentável.

As medidas passam pelas Escolas públicas, Associações Comunitárias, ambientalistas, igreja, Corpo de Bombeiros e agricultores que estão apreendendo a convivência direta com o semiárido.

O Governo do Ceará, sensível à preocupação dos ambientalistas com relação à introdução de espécies oriundas de outros países no bioma caatinga, que vem fazendo com que nossa Mata Branca perca espaço para as árvores exóticas, sancionou e já publicou a Lei Nº 16.002, de 02 de maio de 2016, que cria o Programa Estadual de Valorização das Espécies Vegetais Nativas.

A Secretaria do Meio Ambiente (SEMA) coordena o Programa Estadual de Valorização das Espécies Vegetais Nativas em áreas públicas e privadas, cuja atividade será ainda regulamentada por Decreto Estadual.

O próximo passo é dar ciência às Prefeituras acerca da lei. A SEMA também retomará debates com a sociedade civil com o intuito de formular um Decreto regulamentador da Lei. “Além disso, será editada uma Portaria discriminando quais são as espécies exóticas invasoras”, informa o secretário do Meio Ambiente do Ceará, Artur Bruno.

Consideram-se espécies exóticas vegetais invasoras aquelas que foram introduzidas de forma voluntária ou involuntária em um novo ecossistema, fora de sua área natural de distribuição, capazes de modificar as dinâmicas de um ecossistema e prejudicar a biodiversidade nativa, com impactos negativos ambientais, econômicos e sociais, e cuja dispersão supera as barreiras geográficas e biológicas que o ambiente impõe.




Fotos e texto de Antônio Carlos Alves

Nenhum comentário

Pedimos aos usuários que logo abaixo da caixa de comentários ao invés de anonimo, coloquem nome/url e coloquem a identificação a fim de comprovar seus cometários, é muito importante que vcs se identifiquem assim suas opiniões serão mais aceitas. Aos que persistirem no anonimato será feita a devida moderação nas palavras e afirmações comentadas.

Não utilizem palavras ou frases que ataquem ou agridam a outrem direta ou indiretamente, o portal C4 Notícias modera os comentários mas não se responsabiliza pelas opiniões deixadas por seus leitores.

att
Equipe C4 Notícias