Header Ads Widget

Responsive Advertisement

Governo do estado entra com Ação na Justiça contra Empresa responsável pela Adutora de General Sampaio.


Desde que foi inaugura em dezembro 2014 pelo então Governador Cid Gomes, a adutora de General Sampaio responsável pelo abastecimento da cidade de Canindé e outros municípios, vem apresentando problemas de vazamentos causando um grande desperdício de água no trajeto de aproximadamente 54.2 Km deixando a população sem o liquido precioso. 

A obra do Governo do Ceará, por meio da Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh), foi executada pela empresa "Cimencol" Construções e Serviços. 

Foram investidos R$ 22.107.479,00. "Os custos dos tubos de 400 milímetros são da ordem de R$ 17,8 milhões. Já a execução da obra teve investimento de R$ 4,2milhões". 

Ao todo foram utilizados 31.800 canos de fibra de polietileno no modelo de engate rápido. 

Apesar de todo esse dinheiro ter sido investigo na obra os furos na tubulação e vazamentos são problemas apontados para a irregularidade do abastecimento prometido. 

Conforme relatos de ouvintes do Programa Alerta Geral II edição na FM SOMZOOM SAT 89,5 um dos trechos que mais apresenta o defeito compreende a comunidade de “CAXINOAR”, na zona rural de Canindé, pois lá quase que diariamente os canos apresentam vazamentos de grandes proporções.

Diante dos problemas conforme reportagem do Jornal O Povo desde janeiro, segue em segredo de Justiça na 21ª Vara Cível processo da Cogerh contra a empresa Cimencol Construções e Serviços, contratada para a montagem da adutora.

Que Estado e Empresa resolvam o problema, pois o que a população não aguenta mais é ver tanto desperdício de água e ficar sem o abastecimento.

Fonte: Wellington Lima

Postar um comentário

0 Comentários