Últimas Notícias

ONU ANUNCIA PROGRAMA PARA COMBATER POBREZA NO NORDESTE.


Há seis projetos em operação atualmente nos estados de Alagoas, Bahia, Ceará, Paraíba, Piauí e Rio Grande do Norte, beneficiando mais de 250 mil famílias.

O Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (FIDA), agência da ONU especializada em desenvolvimento rural, lançou uma estratégia para auxiliar o governo brasileiro na luta contra a pobreza no campo. A FIDA vai expandir sua atuação no Brasil e investir em dois projetos com foco na expansão da agricultura familiar na região nordeste.

As áreas escolhidas foram às regiões de transição para a floresta amazônica, no Maranhão, e a de mata atlântica, em Pernambuco. Os dois novos projetos estão atualmente em fase de elaboração. O projeto no Maranhão deve ser aprovado até o fim de 2016 e o de Pernambuco em 2017.

A estratégia do fundo se baseia em estudos da FIDA e do Centro Internacional de Políticas para o Crescimento Inclusivo (IPC-IG), do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), em parceria com o Instituto de Pesquisas Econômicas Aplicada (IPEA).

POBREZA.

Os estudos indicam que a pobreza e a extrema pobreza são maiores nas áreas rurais do Brasil e destacam o papel da agricultura familiar na redução da extrema pobreza nessas regiões.

O estudo perfil da pobreza: norte e nordeste rurais lembram que, conforme os dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD), a diminuição do número de pobres no país entre 2004 e 2013 caiu de 20% para 9% da população e a porcentagem de pessoas extremamente pobres passou de 7% para 4%.

Os números são atribuídos à expansão do mercado de trabalho e aos programas de transferências de renda, em especial a Bolsa Família. Mesmo com a queda, o país segue com mais de 18 milhões de pobres. 

Os números também mostram que essa redução estagnou nos últimos anos. Entre 2012 e 2013 a extrema pobreza aumentou ligeiramente e a pobreza ficou estável, fatos atribuídos à deterioração do mercado de trabalho e a situação fiscal que o país enfrenta e que impacta o gasto social.

O estudo informou ainda que, ao mesmo tempo em que a pobreza diminuiu, muitos aspectos continuaram iguais, como a distribuição geográfica da pobreza, que continua concentrada no norte e no nordeste, e que, em todas as regiões, as áreas rurais são as mais pobres.

FIDA.

A FIDA financia projetos que objetivam a promoção da agricultura familiar, o aumento da capacidade produtiva e a geração de renda dos pequenos agricultores, além de facilitar o acesso dessas pessoas a serviços como financiamento rural e assistência técnica, com destaque para tecnologias sustentáveis.

De acordo com o Fundo, o Brasil apresenta a maior carteira de operações financiadas pela FIDA na América Latina e no Caribe. Desde 1980, foram financiados 11 projetos de desenvolvimento rural no país.

Há seis projetos em operação atualmente nos estados de Alagoas, Bahia, Ceará, Paraíba, Piauí e Rio Grande do Norte, beneficiando mais de 250 mil famílias. Esses projetos somam um investimento total de US$ 452.9 milhões, sendo US$ 164,2 financiados pela FIDA, US$ 212.4 milhões de Governos Estadual e Federal e US$ 76.3 milhões financiados pelas famílias beneficiadas.

MUNICÍPIOS DO CEARÁ QUE SÃO BENEFICIADOS COM A FIDA.

A área do Projeto compreende uma extensão de aproximadamente 23.530 Km², equivalente a 18,5% da área do Estado do Ceará, e abrange 31 municípios de quatro territórios - Cariri Inhamuns-Crateús, Sobral e Vales do Curu-Aracatiaçu, nomeadamente:

Altaneira, Antonina do Norte, Araripe, Assaré, Campos Sales, Nova Olinda, Potengi, Salitre, Santana do Cariri, Tarrafas (Cariri);. Aiuaba, Arneiroz, Hidrolândia, Ipu, Ipueiras, Parambu, Pires Ferreira, Quiterianópolis, Tauá (Inhamuns-Crateús);

Coreaú, Frecheirinha, Graça, Massapê, Moraújo, Mucambo, Pacujá, Reriutaba, Senador Sá, Sobral e Varjota (Sobral), e

Irauçuba (Vales do Curu-Aracatiaçu).

O Território da Cidadania nos Sertões de Canindé deverá entrar na lista dos novos beneficiários do Fundo Nacional de Desenvolvimento Agrícola, com projetos PAULO FREIRE que tem como finalidade atender as necessidades do povo sertanejo. Canindé será prioridade por conta das áreas de Assentamentos.



Fotos e Texto de Antônio Carlos Alves

Nenhum comentário

Pedimos aos usuários que logo abaixo da caixa de comentários ao invés de anonimo, coloquem nome/url e coloquem a identificação a fim de comprovar seus cometários, é muito importante que vcs se identifiquem assim suas opiniões serão mais aceitas. Aos que persistirem no anonimato será feita a devida moderação nas palavras e afirmações comentadas.

Não utilizem palavras ou frases que ataquem ou agridam a outrem direta ou indiretamente, o portal C4 Notícias modera os comentários mas não se responsabiliza pelas opiniões deixadas por seus leitores.

att
Equipe C4 Notícias