04 maio 2016

Criança de um ano morre por H1N1; estado chega a 4 mortes.

Um menino de 1 ano e 4 meses morreu por gripe H1N1 em Juazeiro do Norte, na região do Cariri. Segundo a Secretaria da Saúde do município, a criança veio a óbito no fim do mês de abril, depois de ficar internada por duas semanas. Com esse caso, o Ceará chegou a 11 casos confirmados quatro mortes pela doença este ano.

A criança deu entrada no dia 8 de abril no Hospital Infantil Maria Amélia, em Juazeiro, onde foram feitos os primeiros atendimentos. "Ele já deu entrada grave, muito cansado, e já foi para o oxigênio. Um dos agravos é exatamente essa falta de ar", descreve a técnica da vigilância da saúde de Juazeiro do Norte, Anaile Montezuma.

No mesmo dia, o menino foi encaminhado para o Hospital São Vicente, em Barbalha, que dispõe de UTI. O caso de deficiência respiratória se agravou até que a criança morreu no último dia 22, duas semanas após a internação. Conforme a secretária municipal Marcleide do Nascimento, já foi realizado o bloqueio na família.

A Secretaria da Saúde do Estado (Sesa) totaliza 11 casos registrados da doença este ano, sendo 4 óbitos. As mortes foram em Caucaia (2), Sobral e Juazeiro do Norte.

Vacinação
A secretária de Juazeiro avaliou como satisfatório o dia "D" da campanha de vacinação contra a gripe H1N1 no município, no último sábado (30), "apesar de o Estado ter enviado 40% do que devemos receber". "A procura foi grande, e atingimos a meta pelo preconizado pelo estado. As pessoas seguem procurando", pontuou.

A titular da pasta afirmou que os 60% restantes devem chegar nesta quarta-feira (4). A vacina é oferecida em 50 unidades de saúde. "Algumas unidades estão em greve, então há pontos estratégicos, como o Hospital Maria Amélia e o Centro de Dermatologia, ao lado da secretaria", disse.

Campanha
Um balanço do Ministério da Saúde divulgado nesta terça-feira (3) mostra que o Ceará vacinou 412.908 pessoas contra a gripe neste ano. O quantitativo representa 23,3% do público-alvo, de 1.776.416 pessoas e representa o quarto pior desempenho na campanha de vacinação no Brasil. A campanha vai até 20 de maio.

A vacina contra gripe reduz complicações que podem produzir casos graves da doença, internações, ou até mesmo óbitos. Estudos demonstram que a vacinação pode reduzir entre 32% a 45% o número de hospitalizações por pneumonias e de 39% a 75% a mortalidade por complicações da influenza.
 
Fonte: G1 - Ceará

0 comentários:

Postar um comentário

Pedimos aos usuários que logo abaixo da caixa de comentários ao invés de anonimo, coloquem nome/url e coloquem a identificação a fim de comprovar seus cometários, é muito importante que vcs se identifiquem assim suas opiniões serão mais aceitas. Aos que persistirem no anonimato será feita a devida moderação nas palavras e afirmações comentadas.

Não utilizem palavras ou frases que ataquem ou agridam a outrem direta ou indiretamente, o portal C4 Notícias modera os comentários mas não se responsabiliza pelas opiniões deixadas por seus leitores.

att
Equipe C4 Notícias

Copyright © C4 - Notícias de Canindé | Designed With By Blogger Templates
Scroll To Top