Canindé

[Canindé][bleft]

Regional

[Regional][twocolumns]

PARCERIAS FORTALECEM SERTÃO EMPREENDEDOR EM CANINDÉ.


Uma parceria firmada entre Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE), Serviço Nacional de Aprendizagem Rural – (SENAR), Federação da Agricultura e Pecuária do Estado do Ceará – (FAEC), Sindicatos dos Produtores de Canindé e Prefeitura Municipal, está fortalecendo o projeto ‘’Sertão Empreendedor’’.

O objetivo do programa é superar as dificuldades impostas pela falta de chuvas e produzir em meio à seca. Esses são os maiores desafios para quem vive no semiárido brasileiro. O sertanejo, mesmo sendo um forte, como afirmou Euclides da Cunha, no século XIX, em seu livro os Sertões  está cansado de esperar.

‘’Precisamos de alternativas, de acesso a tecnologias que nos permitam conviver com o clima e trabalhar em diversas atividades’’, observa Evaristo Paulino da Silva de 56 anos, produtor da Comunidade de Juá Nova Olinda a 36 quilômetros de Canindé.

E isso é possível porque o semiárido brasileiro, apesar de todas as adversidades, é o que registra o maior volume de chuva em relação a outras regiões semelhantes do planeta.

Evaristo planta banana, mamão, graviola, acelora, goiaba, manga, ata, laranja, urucu, pimenta, caju, coentro, cebolinha, palma forrageira, jerimum e cria galinhas e porcos em uma área de nove hectares.

Com crédito de R$ 15.000,00 do Agro amigo do Banco do Nordeste, projeto de convivência com o semiárido nível B, o agricultor pretende programar técnicas de fortalecimento da agricultura familiar na construção de um poço profundo.

Mais R$ 4 mil reais serão destinados para criação de pequenos animais como aves, porcos, ovinos e caprinos, no sentido de garantir a cadeia produtiva com sustentabilidade do meio ambiente sem utilizar agrotóxicos.

A produção de seu Evaristo é vendida na própria região. Ele participa de três feiras no Município. Quarta-Feira em Esperança. Na Sexta-Feira em Vila Campos e no sábado em Targinos.

Por semana ele consegue R$ 1.200,00. Durante o mês são R$ 4.800,00. No ano o produtor consegue um rendimento de R$ 57.600,00.

30 produtores participam do Sertão Empreendedor nos Sertões de Canindé.


‘’O projeto tem como finalidade estimular o espírito empreendedor e elevar a qualidade de vida da população do semiárido brasileiro. Foi com esse pensamento, que o SENAR criou o "Programa Sertão Empreendedor: Um novo Tempo para o Semiárido" que estar sendo desenvolvido em uma ação conjunta com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE). O Programa visa promover a competitividade e sustentabilidade dos empreendimentos rurais no semiárido brasileiro através do fomento à inovação, ao empreendedorismo e a difusão das tecnologias sociais, de produção, gestão e boas práticas de convivência com o semiárido’’, explica o Presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Canindé Bertoldo Uiaquerê de Oliveira Paiva que coordena as ações na região.

Na visão do técnico Wllissis Gonçalves, ‘’a qualificação profissional com orientação técnica, a implantação de novos negócios rurais e a consolidação dos já existentes, em especial em municípios que sofrem constantemente com secas e estiagens prolongadas, certamente contribuirá para o crescimento social e econômico, com melhoria na qualidade de vida dos empreendedores rurais, incluindo a de seus familiares e colaboradores.

‘’Viabiliza-se, desta maneira, uma melhor convivência nas adversidades existentes e, principalmente, um desenvolvimento produtivo mais sustentável nessa região’’, diz Wllissis.


O SEMIÁRIDO



1.135 municípios distribuídos por nove estados (Alagoas, Bahia, Ceará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Sergipe e norte de Minas Gerais);

11,5% do território nacional e mais da metade da área do Nordeste;

22,5 milhões de pessoas (sendo 14 milhões na zona urbana e 8,5 milhões na zona rural); Cerca de 1,7 milhão de estabelecimentos rurais. 800 mm de precipitação anual máxima. Linhas de ação do programa Sertão Empreendedor.

O programa reúne um conjunto de ações sistêmicas e continuadas para contribuir com o desenvolvimento rural sustentável a partir da difusão e aplicação de tecnologias de convivência com as adversidades do semiárido, para melhorar a gestão, aumentar a produtividade e a renda dos empreendimentos rurais, com respeito ao meio ambiente.


TECNOLOGIAS SUGERIDAS

O programa Sertão Empreendedor vai incentivar as seguintes tecnologias:

Captação e conservação hídrica (barragem subterrânea, poço amazonas com anéis de cimento, cisterna calçadão e barreiros de salvação)

Produção de forrageiras (palma forrageira em sistema adensado, gramíneas, leguminosas, fontes proteicas e energéticas)

Conservação de forragens (fenação, ensilagem e amoniação).

Além disso, o programa pretende difundir atividades com potencial econômico na região, como a ovino caprinocultura, a apicultura, a fruticultura, a fabricação de produtos e alimentos a partir da palma forrageira, o turismo rural e a energia solar, entre outras.

Texto e Fotos de Antônio Carlos Alves
Post A Comment
  • Blogger Comment using Blogger
  • Facebook Comment using Facebook
  • Disqus Comment using Disqus

Nenhum comentário :

Pedimos aos usuários que logo abaixo da caixa de comentários ao invés de anonimo, coloquem nome/url e coloquem a identificação a fim de comprovar seus cometários, é muito importante que vcs se identifiquem assim suas opiniões serão mais aceitas. Aos que persistirem no anonimato será feita a devida moderação nas palavras e afirmações comentadas.

Não utilizem palavras ou frases que ataquem ou agridam a outrem direta ou indiretamente, o portal C4 Notícias modera os comentários mas não se responsabiliza pelas opiniões deixadas por seus leitores.

att
Equipe C4 Notícias


Prefeitura

[Prefeitura][grids]

Ceará

[Ceará][list]

Nacional

[Nacional][bsummary]

Plantão Policial

[plantão policial][threecolumns]