Canindé

[Canindé][bleft]

Regional

[Regional][twocolumns]

CISTERNAS GARANTEM ÁGUA NAS ESCOLAS NO SEMIÁRIDO DO CEARÁ.


CANINDÉ É O PRIMEIRO MAIOR BENEFICIÁRIO DO ESTADO.

Canindé no Ceará é o primeiro maior beneficiário do Programa Cisternas nas Escolas, em parceria com o Centro de Pesquisa e Assessoria – SPLAR e Articulação do Semiárido Brasileiro - ASA que irá atender 34 centros de ensino da região, beneficiando 3.444 crianças.

‘’A prioridade da cisterna é para o consumo e a merenda escolar. O armazenamento de água da chuva é fundamental para garantir segurança alimentar e aulas durante período de estiagem.

‘’A insegurança alimentar causada pela falta de água para consumo nas escolas é uma das maiores dificuldades enfrentadas pelos estudantes da região do Semiárido brasileiro, que alterna ciclos de chuva e longos períodos de estiagem.

Graças a ações do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), em parceria com Estados e Municípios, essa situação começa a mudar’’, comemora o Prefeito de Canindé.

A Reportagem do C4 Notícias do Povo On Line, foi conhecer a Escola Santa Rita, uma das atendidas com a parceria – SPLAR, ASA e Prefeitura, no Assentamento Transval que fica a 14 quilômetros da sede.


‘’Nossa dificuldade com a falta de água era imensa. A gente tinha que pagar uma merendeira para buscar água fora da escola e mesmo assim nunca era suficiente. “Agora, iremos ter bastante água, não precisaremos mais nos preocupar”, comemora a Diretora do Polo 7.1 Eliete Almeida Bezerra. Na Escola, a cisterna estar cheia, e as crianças já consomem água tratada na torneira.

A Unidade Escolar foi um das primeiras da região do Semiárido a receber uma cisterna de 52 mil litros. ‘’Graças a Deus temos água tratada e que agora vai evitar doenças’’, comemora Eliete.

A coordenadora pedagógica Elaine Sabrine disse que a cisterna na escola muda tudo. Facilita o trabalho da merendeira, resgata a autoestima dos alunos, fortalece a cidadania e aumenta os laços de amizade e o conceito de saúde. ‘’Antes era uma água suja e as crianças reclamavam de dores estomacais e muita das vezes era preciso trazer água da própria casa do aluno’’, relembra.

‘’A prioridade da cisterna é para o consumo e a merenda escolar’’, disse Nacélio de Almeida Chaves, técnico de campo do SPLAR no projeto cisternas nas escolas. ‘’Essas cisternas são uma espécie de mine açude que acumulam água no processo de universalização social’’.

Na opinião do prefeito de Canindé, as cisternas nas escolas é uma credencial na efetivação de esforços no social que muda a vida de muitas crianças, principalmente na zona rural.

‘’Compromisso e responsabilidade com a democracia, com a socialização das oportunidades e a transformação da sociedade, que gere a efetivação dos direitos humanos, o respeito ao meio ambiente e as diferenças entre as pessoas e o bem estar individual e coletivo’’, observa o chefe do executivo.

‘’É um processo de parcerias com o poder público. Nessa primeira etapa 83 cisternas foram distribuídas em oito municípios da região’’, disse Nacélio.

Pela ordem Canindé foi beneficiado com 34, Caucaia 18, Chorozinho 10, Caridade 09, Paramoti 06, Pacajus 04 e Ocara 02.

Todos esses Municípios estiveram reunidos em Canindé no Centro de Treinamento para entrega oficial dos equipamentos.


‘’Cisternas nas Escolas é uma nova ação do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS). O projeto-piloto foi desenvolvido em parceria com o Governo de Canindé e o Ministério da Educação (MEC). A ideia do projeto Cisternas nas Escolas surgiu a partir da assinatura do Pacto Nacional ‘’Um Mundo para a Criança e o Adolescente do Semiárido’’ assinado em 2007 pelo Governo Federal, Governos Estaduais e a Sociedade Civil organizada. A iniciativa foi articulada pelo Fundo das Nações Unidas pela Infância (UNICEF) para acelerar as ações e decisões políticas capazes de melhorar a vida de crianças que vivem nessa região’, concluiu o Gestor de Canindé.
Durante o processo de implantação dos equipamentos em Canindé, foram realizados: encontro de Capacitação com Comissões Municipais; Encontro Microrregional, com participação de Gestores Públicos e Secretaria de Educação; encontros de Gerenciamento em Recursos Hídricos em Escolas, com representações de Comunidades Escolares; Oficinas sobre Educação Contextualizada, com participação de professores que atuam nas escolas beneficiadas.

Fotos e texto de Antônio Carlos Alves
Post A Comment
  • Blogger Comment using Blogger
  • Facebook Comment using Facebook
  • Disqus Comment using Disqus

Nenhum comentário :

Pedimos aos usuários que logo abaixo da caixa de comentários ao invés de anonimo, coloquem nome/url e coloquem a identificação a fim de comprovar seus cometários, é muito importante que vcs se identifiquem assim suas opiniões serão mais aceitas. Aos que persistirem no anonimato será feita a devida moderação nas palavras e afirmações comentadas.

Não utilizem palavras ou frases que ataquem ou agridam a outrem direta ou indiretamente, o portal C4 Notícias modera os comentários mas não se responsabiliza pelas opiniões deixadas por seus leitores.

att
Equipe C4 Notícias


Prefeitura

[Prefeitura][grids]

Ceará

[Ceará][list]

Nacional

[Nacional][bsummary]

Plantão Policial

[plantão policial][threecolumns]