Canindé

[Canindé][bleft]

Regional

[Regional][twocolumns]

CANINDÉ REALIZA ENCONTRO PARA DISCUTIR DESAFIOS DO CAMPO


Com o tema: ‘’Desafios da Escola do Campo’’, o Município de Canindé sedia na próxima quinta-feira, dia 31 de março no Centro de Treinamento Santo Antônio, encontro para discutir ações voltadas para o desenvolvimento de unidades de ensino no Sertão, na implantação de cisternas nas escolas.

Participam do evento, Prefeitos, Secretários de Educação, professores, gestores e alunos beneficiados das cidades de Canindé, Caridade, Caucaia, Chorozinho, Paramoti, Pacajus e Ocara.

O Projeto do SPLAR tem como objetivo mudar a vida das crianças no campo. A organização não governamental entra com o material e assistência técnica e as comunidades com a mão de obra. Cada cisterna tem capacidade para 52 mil litros

Passados 26 anos da implantação do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) ainda são muitos os desafios para fazer valer esta lei, que surgiu para assegurar os direitos das crianças e dos adolescentes brasileiros, tanto na proteção em relação às mais diversas formas de violência, quanto em relação ao desenvolvimento desse grupo social. 

O direito à educação está presente no capítulo IV do Estatuto, em que se afirma, entre outras questões, a igualdade de condições de acesso e permanência na escola.

Água e Educação.  O Programa Cisternas nas Escolas tem como objetivo garantir água de qualidade nas escolas da zona rural do Semiárido Nordestino, através da implantação da tecnologia social, conhecida como ‘’cisternas escolares de 52 mil litros’’. Até o próximo ano, cinco mil escolas públicas de todo o Semiárido serão atendidas.

“Entende-se que a escola tem um potencial transformador na vida da comunidade escolar e junto com as Cisternas nas Escolas, além de proporcionar a democratização da água, tornando a água de beber em água de educar, ou seja, um instrumento de educação contextualizada” observa a Secretária de Educação Infantil e Fundamental de Canindé Maílza Freitas.

Para a educadora, o abastecimento das escolas com água potável pode significar um melhor aproveitamento desses espaços, além de possibilitar novas formas de aprendizagem, por meio da educação estimulada em oficinas realizadas com educadores e educadoras das escolas que estão ganhando o benefício tecnológico. “Com a metodologia da educação contextualizada, percebe-se que os professores estão construindo pequenos projetos de valorização da comunidade, da cultura local junto aos alunos, o que proporciona uma maior valorização do ambiente escolar”, observa o Prefeito de Canindé.

Texto de Antônio Carlos Alves
Foto do Ministério do Desenvolvimento Social - MDS
Post A Comment
  • Blogger Comment using Blogger
  • Facebook Comment using Facebook
  • Disqus Comment using Disqus

Nenhum comentário :

Pedimos aos usuários que logo abaixo da caixa de comentários ao invés de anonimo, coloquem nome/url e coloquem a identificação a fim de comprovar seus cometários, é muito importante que vcs se identifiquem assim suas opiniões serão mais aceitas. Aos que persistirem no anonimato será feita a devida moderação nas palavras e afirmações comentadas.

Não utilizem palavras ou frases que ataquem ou agridam a outrem direta ou indiretamente, o portal C4 Notícias modera os comentários mas não se responsabiliza pelas opiniões deixadas por seus leitores.

att
Equipe C4 Notícias


Prefeitura

[Prefeitura][grids]

Ceará

[Ceará][list]

Nacional

[Nacional][bsummary]

Plantão Policial

[plantão policial][threecolumns]