14 janeiro 2016

GOVERNO DO ESTADO DO CEARÁ INICIA DISTRIBUIÇÃO DE SEMENTES E MUDAS.


Começou na última segunda feira (11) a distribuição de sementes do programa Hora de Plantar nas regiões do Cariri, Centro-sul, Inhamuns e Baturité. O projeto tem como meta atender 132.600 agricultores em 182 municípios cearenses.

Nesta edição serão distribuídas 3.112,83 toneladas de sementes, destacando-se o milho híbrido, milho variedade, sorgo forrageiro, mamona, feijão caupi, feijão phaseolus e gergelim. Serão ofertadas também 400 mil mudas de cajueiro anão precoce, 234 mil mudas de essências florestais nativas e exóticas, 6.245 m³ de manivas e oito milhões de raquetes de palma forrageira. Em virtude da seca ocorrida em 2015, o Governo do Estado baixou portaria isentando os beneficiários do Projeto do pagamento das sementes e mudas recebidas nesta edição.

Os Armazéns regionais são localizados em Fortaleza, Morada Nova, Tianguá, Marco, Campos Sales, Barbalha, Milagres, Iguatu, Quixeramobim, Crateús e Tauá. Dos armazéns Regionais as sementes serão apanhadas pela EMATERCE para os municípios e a partir daí serão distribuídas para os (as) agricultores (as) familiares. No caso das mudas de Cajueiro Anão Precoce, Essências Florestais, Palma Forrageira e Manivas, os fornecedores entregarão diretamente aos municípios, em até três localidades definidas pela Ematerce.

Hora de Plantar

O Hora de Plantar, atuante desde o início de 2007, atendeu em média 138 mil agricultores familiares por ano, distribuindo 31 mil toneladas de sementes de milho, mamona e feijão. Desde o inicio de suas atividades, foram investidos R$ 118 milhões, somente com recursos do Tesouro do Estado. O projeto tem contribuído ao longo de 29 anos com incrementos significativos da produtividade agrícola e do aumento de suas rendas e garantia de segurança alimentar de inúmeros cearenses, através da distribuição de sementes. Além das sementes, distribui também mudas de cajueiro, mudas de macaúba, manivas de mandioca, raquetes de palma forrageira e essências florestais nativas e exóticas, em consonância com o Programa ABC - Agricultura de Baixo Carbono.



Fotos de Antônio Carlos Alves





Com Informações da Assessoria de Comunicação da Secretaria de Desenvolvimento Agrário.

0 comentários:

Postar um comentário

Pedimos aos usuários que logo abaixo da caixa de comentários ao invés de anonimo, coloquem nome/url e coloquem a identificação a fim de comprovar seus cometários, é muito importante que vcs se identifiquem assim suas opiniões serão mais aceitas. Aos que persistirem no anonimato será feita a devida moderação nas palavras e afirmações comentadas.

Não utilizem palavras ou frases que ataquem ou agridam a outrem direta ou indiretamente, o portal C4 Notícias modera os comentários mas não se responsabiliza pelas opiniões deixadas por seus leitores.

att
Equipe C4 Notícias

Copyright © C4 - Notícias de Canindé | Designed With By Blogger Templates
Scroll To Top