29 janeiro 2016

Como definir as chances eleitorais de um Candidato?...


As eleições municipais se destacam pelo fato do cidadão participar mais de perto da vida política com forte influencia sobre a administração do seu município tanto na zona urbana quanto na zona rural. Aqueles que pretendem postular a uma candidatura a prefeito, vice ou vereador devem possuir domicílio eleitoral no município a pelo menos um ano e estar filiado a partido político no prazo de seis meses antes do dia das eleições, que para as Eleições 2016 se encerra no dia 02 de abril.

A partir daí, a primeira concorrência se dá no âmbito do próprio partido político que irá indicar em convenção a chapa da candidatura majoritária onde é escolhido o candidato a prefeito e vice-prefeito e quem será candidato a vereador nas eleições proporcionais. Feito o registro da candidatura, o candidato fica por conta de seu desempenho na sua campanha eleitoral em busca de eleição. Portanto, Eis a questão: Como definir as chances eleitorais de um Candidato?

Para responder a importante indagação encontramos na Internet um ensaio sociológico intitulado “A Verdade Tem Pressa” de autoria de Dr. Lineu Tomass, onde este autor pontua e detalha com a mais firme convicção seis perfis de candidatos dignos de apreciação que aponta com precisão estatística como se deu o desempenho de candidatos ao longo da história eleitoral do País. Para demonstrar o favoritismo na 1ª. Categoria: Candidatos da Fama; na 2ª. Categoria: Candidatos da Grana; 3ª. Categoria: Candidatos de Proposta Ideológica e Programática; 4ª Categoria: Nome famoso; 5ª Categoria: A Raridade do Milagre; 6ª: Categoria: Candidatos do Rebolo. O mencionado autor arremata que “Os demais candidatos que não se enquadram nestas categorias, seguramente serão classificados como suplentes, e seus votos só servem para ajudar os privilegiados candidatos encaixados nestes seis critérios” (Fonte: https://lintomass.wordpress.com/o-segredo-como-se-eleger/). 

O aperfeiçoamento da legislação eleitoral proibiu doações de empresas, diminuiu o tempo de campanha e limitou gastos por candidato deverá ser partilhado pelo cidadão-eleitor na prevenção contra o “monstro do Caixa Dois” que sempre ataca no subterrâneo. Além do mais é recomendável ler o artigo acima indicado e fazer as adequações necessárias, pois como a “vida é prática”, as chances de vencer vão depender mais planejamento do que da vaidade ou do poder econômico, pois somente saberemos se o comportamento eleitoral apresentará mudanças depois de conferido o resultado das urnas...

André Noronha Brasil
Acadêmico de Administração Pública
Universidade Federal do Ceará UFC

0 comentários:

Postar um comentário

Pedimos aos usuários que logo abaixo da caixa de comentários ao invés de anonimo, coloquem nome/url e coloquem a identificação a fim de comprovar seus cometários, é muito importante que vcs se identifiquem assim suas opiniões serão mais aceitas. Aos que persistirem no anonimato será feita a devida moderação nas palavras e afirmações comentadas.

Não utilizem palavras ou frases que ataquem ou agridam a outrem direta ou indiretamente, o portal C4 Notícias modera os comentários mas não se responsabiliza pelas opiniões deixadas por seus leitores.

att
Equipe C4 Notícias

Copyright © C4 - Notícias de Canindé | Designed With By Blogger Templates
Scroll To Top