Últimas Notícias

CHUVAS ANIMAM AGRICULTORES DA ZONA RURAL DOS SERTÕES DE CANINDÉ.


PRECIPITAÇÕES DE JANEIRO DE 2016 JÁ SUPERAM TODO ACUMULADO DE JANEIRO DE 2015.

Tensão, em algumas localidades dos Sertões de Canindé e, na zona urbana, por conta das chuvas de ontem, que vieram acompanhadas de ventos fortes, raios e trovoadas, mas, sobretudo entusiasmo renovado com um inverno promissor.

Assim é o ânimo do sertanejo, que ainda vive os efeitos da maior seca da história. As precipitações ocorridas desde o domingo passado e com pancadas isoladas no começo desta semana abrem um caminho cheios de esperanças em relação à quadra invernosa.

As precipitações de ontem, mediram no pluviômetro do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas – DNOCS 55.0 mm o suficiente para animar produtores que hoje terça-feira chegaram cedo aos comércios em busca de sementes para plantar.

No domingo dia 17 de janeiro, na localidade de MINADOR, a 18 quilômetros da sede de Canindé, uma chuva ocorrida durante a tarde trouxe alegria para os moradores da comunidade. Cisternas de placas com capacidade para 16 mi litros pegaram muita água, o suficiente para suprir demandas antigas e deixar de esperar pelo carro pipa.



As cercas que ficam às margens do rio CURU, entre as localidades de Conceição e Guarani Bom Lugar foram levadas e o rastro de destruição ficou visível. "Pensei que o mundo ia se acabar no domingo, A chuva era forte, com muito vento e raios. São coisas de outros tempos", lamenta a doméstica Ana Maria Barbosa, que veio a Secretaria de Agricultura e Recursos Hídricos, buscar informações sobre a distribuição de sementes.

Na tarde de segunda-feira, dia 18, voltou a chover na região com mais intensidade. E causou transtornos para a população, desavisada com a brusca mudança de tempo. Em várias localidades da região, a rotina dos moradores foi alterada, como ter que usar guarda chuvas para se proteger da água. 

Exemplo de rotina alterada aconteceu na localidade de Pitombeira. Após ter experimentado um longo período de estiagem, a precipitação tanto animou a população, quanto começa a causar expectativas de uma boa safra este ano.

Choveu também em Iguaçu que fica a 36 quilômetros da sede de Canindé. O agricultor Hugo Cruz de 63 anos disse que sua cisterna, com capacidade para 16 mil litros de água, encheu com uma chuva que durou pouco mais de uma hora. "Aqui começou a chover às 18 h de domingo e só veio parar às 19 h´´, salientou Hugo.

Em Saco do Belém, no município de Santa Quitéria, foram registradas mais precipitações. Em Cachoeira Cercada, raios varavam a noite como há não se via, segundo o povo da região. Em São Serafim, Vazante do Curu, Santa Luzia em Canindé a população teve que ficar dentro de casa temendo o pior por conta dos ventos. Em Saco dos Leôncios, Lagoa do Mato e na sede de Itatira precipitações geraram preocupação aos habitantes. ‘’Foram chuvas rápidas com ventos e raios’’, disse o comerciante Francimar Dias

“ São os caprichos da natureza. “A projeção do Instituto Nacional de Meteorologia se confirma e esse período será de grandes chuvas”, observa o produtor Samuel Domingos. Em Cachoeira, Mato grosso. Bandeira e Queimadas da Onça, todas em Itatira, as chuvas vieram de maneira rápida, mas fortes. "Isso é a prova de que a natureza apronta", observa o Secretário da Agricultura e Recursos Hídricos de Canindé.

Na região de Caridade, chuvas em São Vicente, Carneiro, Maracajá e Lajes. "Choveu bem e se essas chuvas continuarem, eu irei plantar", diz com segurança o agricultor Manoel Cardoso. O tempo continua nublado nos Sertões de Canindé. Na tarde de domingo uma chuva intensa tomou conta do centro comercial de Canindé, para amenizar o forte calor e garantir água para algumas famílias que cisternas em casa. Como é o caso da doméstica Maria das Graças de Oliveira da Rua Sintônio Monteiro que aproveitou para garantir água por um bom tempo.

Segundo os técnicos da Ematerce se continuar dessa forma, o pasto dentro de 20 dias estará renovado e o que é mais importante pronto para ser consumido pelos animais. Com isso, renovam-se as esperanças do agricultor de um ano de 2016, mais promissor para a zona rural.

O Prefeito de Canindé na manhã de hoje manteve contatos telefônicos com o Secretário do Desenvolvimento Agrário do Estado, Dedé Teixeira no sentido de conseguir o quanto antes a liberação das sementes do programa Hora de Plantar.

‘’Já existem muitas regiões em que a terra estar molhada e pronta para o plantio. Vamos intermediar essa demanda o quanto antes’’, disse o Prefeito.

Durante o mês de janeiro de 2016, até o dia 18, choveu em Canindé 154.4 mm, bem acima do acumulado em janeiro de 2015 que foi de 80.4 mm.

TEXTO E FOTOS DE ANTÔNIO CARLOS ALVES
DA ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DA PREFEITURA DE CANINDÉ.

Nenhum comentário

Pedimos aos usuários que logo abaixo da caixa de comentários ao invés de anonimo, coloquem nome/url e coloquem a identificação a fim de comprovar seus cometários, é muito importante que vcs se identifiquem assim suas opiniões serão mais aceitas. Aos que persistirem no anonimato será feita a devida moderação nas palavras e afirmações comentadas.

Não utilizem palavras ou frases que ataquem ou agridam a outrem direta ou indiretamente, o portal C4 Notícias modera os comentários mas não se responsabiliza pelas opiniões deixadas por seus leitores.

att
Equipe C4 Notícias