Últimas Notícias

CANINDÉ: TRABALHADORES TERÃO DIREITO AO PIS PASEP


O Programa de Integração Social – ou também simplesmente PIS – é um projeto que repassa um valor anual para funcionários de empresas privadas. O repasse desse valor segue o calendário do PIS 2016, o qual separa os cadastrados no programa conforme suas datas de nascimento. Normalmente, funcionários que recebam até dois salários mínimos por mês, tem o direito de sacar o valor referente a um salário mínimo, para isso, basta esses funcionários atenderem alguns pré-requisitos. O programa é voltado exclusivamente para trabalhadores de empresas privadas.


Alguns trabalhadores de empresas privadas se interessam em se cadastrarem no programa, porém não sabem quais são os requisitos que devem cumprir para participarem do mesmo. O trabalhador apenas poderá receber o incentivo do PIS se seu salário mensal for correspondente a até R$ 1.500,00. No entanto, o valor salarial não é o único requisito a ser cumprido para decidir se o funcionário poderá ou não participar do programa, há alguns outros em que o perfil do trabalhador deve se encaixar. 

Tais como:

Ser funcionário e possuir carteira assinada.

Ter trabalhado no mínimo 30 dias seguidos com o registro em carteira no ano base (nesse caso, em 2016).

O empregador deve ser obrigatoriamente, contribuinte do PIS/PASEP.

Possuir cadastro no PIS/PASEP no mínimo há cinco anos.

Ter renda mensal de no máximo 2 salários mínimos.

Atualizar os dados pessoais frequentemente no relatório de Relação Anual de Informações Sociais (RAIS).

Se o perfil do trabalhador não cumprir a estas regras básicas, não receberá o valor anual do PIS.


CALENDÁRIO DO PIS 2016

Anualmente, o Governo Federal faz um calendário para coordenar os pagamentos realizados pelo PIS, nesse, estão contidas as datas para os trabalhadores realizarem o saque. O calendário desse ano segue algumas regras do sistema que inicia os pagamentos a partir do segundo semestre de 2016.


TABELA COM CALENDÁRIO DO ABANO 2016.



Para consultar o PIS 2016 basta portar o Cartão Cidadão ou ser cliente da Caixa. O processo é simples e pode ser realizado em caixas eletrônicos de qualquer agência da Caixa Econômica Federal. Outro método de consulta é através da internet – esse vem sendo cada vez mais utilizado por oferecer mais comodidade ao trabalhador. Para consultar o PIS 2016 pela internet é necessário que o indivíduo informe o número do PIS/PASEP.

É possível receber o PIS de três formas. O trabalhador deve escolher a que trouxer mais benefícios para ele. Confira:

Através da conta da Caixa: se a conta do trabalhador estiver sendo utilizada e possuir saldo positivo, o valor do PIS é depositado automaticamente na conta, seguindo a data informada pelo calendário PIS 2016-2017.

Através de crédito em folha de pagamento: essa forma só é possível se a empresa tiver parceria com a Caixa.

Através do cartão cidadão: essa forma de receber o PIS pode ser realizada em qualquer agência de atendimento da Caixa.

Se ainda restam algumas dúvidas para os trabalhadores interessados no PIS, é indicado que eles se dirijam a qualquer agência da Caixa Econômica Federal, podendo assim esclarecer tudo o que desejam saber acerca do programa.

FONTE: CASA CIVIL DO GOVERNO FEDERAL

Nenhum comentário

Pedimos aos usuários que logo abaixo da caixa de comentários ao invés de anonimo, coloquem nome/url e coloquem a identificação a fim de comprovar seus cometários, é muito importante que vcs se identifiquem assim suas opiniões serão mais aceitas. Aos que persistirem no anonimato será feita a devida moderação nas palavras e afirmações comentadas.

Não utilizem palavras ou frases que ataquem ou agridam a outrem direta ou indiretamente, o portal C4 Notícias modera os comentários mas não se responsabiliza pelas opiniões deixadas por seus leitores.

att
Equipe C4 Notícias