Últimas Notícias

AGRICULTORES INICIAM PLANTIO MESMO SEM INVERNO ESTÁ CONFIRMADO NO CEARÁ.


Muitos agricultores já estão plantando, animados com as chuvas caídas nos últimos dias, no meio da pré-estação, quando começa a estação chuvosa.

Com as chuvas que caíram nos últimos dias de janeiro, agricultores de algumas regiões do Estado iniciaram o plantio, especialmente nos Sertões de Canindé. O cenário no campo também já é outro. A alegria chegou ao sertão.

Uma recente chuva de 65,3 milímetros registrada na Comunidade de Barra do Bento, a 30 quilômetros da sede de Canindé, deixou as 30 famílias residentes no local eufóricas com a garantia de água para o consumo humano por mais três anos e com as condições favoráveis para o plantio.

No trajeto da sede de Canindé até a comunidade, o que se pode perceber é que as águas deixaram algumas marcas na estrada vicinal. As cisternas existentes na localidade, que estavam secas, ficaram cheias com as últimas chuvas.

É caso do reservatório da presidente da Associação Comunitária, Raimunda Pinto de Sousa. Sua cisterna, com capacidade para 16 mil litros, estava seca. Hoje se encontra com 12 mil litros de água acumulados.

"Não tinha visto uma chuva desse tamanho este ano. Agora dá para respirar aliviada", afirmou dona Raimunda.

RIO CANGATI DESCE COM ÁGUA DAS CHUVAS DE 2016

Pela zona rural de Canindé a reportagem encontrou ainda os agricultores Francisco Antônio Rodrigues de Araújo e Aldenir Sousa Ferreira que estavam plantando. "Não vamos perder a oportunidade. A terra está bem molhada e dá para segurar os grãos", acredita Francisco Antônio.

"Tem bastante agricultor plantando principalmente no pé de serra onde a terra é mais úmida com essas chuvas que caíram nos últimos dias e todos estão animados", destaca o Secretário da Agricultura e Recursos Hídricos de Canindé Domingos Sávio.

Em Vila Campos, por exemplo, foram registrados 70 milímetros no início da noite, segundo o agricultor Manoel Rodrigues Ferreira. Seu Manoel informou que aproveitou a boa chuva para armazenar água na cisterna e em reservatórios como tambor, balde e caixa d’água.

Aproveitou também para dar início ao plantio de milho e feijão, embora, segundo ele, ainda não tenha recebido a semente distribuída pelo governo. "Acho que o inverno já pegou de verdade, por isso, as sementes já deviam estar sendo distribuídas”, opina.

Já na fazenda Várzea Formosa, no limite dos municípios de Canindé, com Choró, o agropecuarista Júnior Batista mediu em seu pluviômetro uma precipitação de 85 milímetros, durante a tarde de ontem. Ele dá também a boa notícia de que o rio Cangati, um dos mais extensos que cortam o município de Canindé, está com um volume razoável de água depois da chuva. “A última vez que o Cangati botou cheia foi em 2009”, recorda Batista. Na região, muitos barreiros também pegaram água.

Nos demais municípios que compreendem a microrregião de Canindé foram registradas precipitações, Itatira, Caridade, Paramoti e General Sampaio.

Porém, de acordo com a Secretaria do Desenvolvimento Agrário, é recomendável que os agricultores tenham cautela e observe o momento certo para plantar.

FOTOS DE PEDRO PAULO PAULINO
COM INFORMAÇÕES DA ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DA PREFEITURA

Nenhum comentário

Pedimos aos usuários que logo abaixo da caixa de comentários ao invés de anonimo, coloquem nome/url e coloquem a identificação a fim de comprovar seus cometários, é muito importante que vcs se identifiquem assim suas opiniões serão mais aceitas. Aos que persistirem no anonimato será feita a devida moderação nas palavras e afirmações comentadas.

Não utilizem palavras ou frases que ataquem ou agridam a outrem direta ou indiretamente, o portal C4 Notícias modera os comentários mas não se responsabiliza pelas opiniões deixadas por seus leitores.

att
Equipe C4 Notícias