Últimas Notícias

MINISTÉRIO DO TRABALHO RESGATA TRABALHADORES EM CANINDÉ


Uma operação realizada pelo Grupo Especial de Fiscalização Móvel do Ministério do Trabalho resultou no resgate de oito trabalhadores e flagrante em 50 no trabalho informal, no Sertão do Ceará.

A operação desencadeada por auditores fiscais, policiais federais e procuradores do Ministério Público do Trabalho e Previdência Social detectou irregularidades em propriedades rurais de cinco Municípios.

A operação foi realizada em Canindé, Aracoiaba, Russas, Ibaretama e Morada Nova. Segundo relatório do auditor fiscal do Ministério do Trabalho, José Weyne Marcelino, em Canindé, um adolescente, de 16 anos, foi encontrado realizando atividade perigosa e insalubre no Assentamento Nova Conquista. O empregador foi obrigado a pagar indenização de R$ 1.500,00 ao garoto.
No mesmo local, dez trabalhadores que não tinham registro foram formalizados. Também foi constatada a falta de Equipamentos de Proteção Individual (EPIS), abrigos para proteção durante as refeições e instalações sanitárias.

Os demais trabalhadores resgatados realizavam atividades ligadas à extração de madeira em floresta nativa e pernoitavam na fazenda situada entre Aracoiaba e Ibaretama, cujo nome não foi divulgado, alojados em condições precárias. No total, foram encontrados 25 trabalhadores em atividade, como cortador, empilhador e medidor de lenha, e que atuavam na abertura de uma estrada de acesso.

Outros dez trabalhadores rurais, sem registro, foram localizados em Morada Nova, na Fazenda Lagoa do Novilho, atuando na extração de madeira nativa. Cinco autos de infração foram lavrados contra o empregador. No Vale do Jaguaribe, em Russas, o Grupo autuou a Fazenda Juremal, por manter cinco trabalhadores sem registro, realizando corte de lenha. Os fiscais determinaram o depósito de R$ 2,5 mil, de Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e autuaram o empregador.

FONTE MINISTÉRIO DO TRABALHO
REDAÇÃO DE ANTONIO CARLOS ALVES
FOTO: ANTONIO CARLOS ALVES

Nenhum comentário

Pedimos aos usuários que logo abaixo da caixa de comentários ao invés de anonimo, coloquem nome/url e coloquem a identificação a fim de comprovar seus cometários, é muito importante que vcs se identifiquem assim suas opiniões serão mais aceitas. Aos que persistirem no anonimato será feita a devida moderação nas palavras e afirmações comentadas.

Não utilizem palavras ou frases que ataquem ou agridam a outrem direta ou indiretamente, o portal C4 Notícias modera os comentários mas não se responsabiliza pelas opiniões deixadas por seus leitores.

att
Equipe C4 Notícias