Últimas Notícias

PADRE DENUNCIA VIOLÊNCIA NO SERTÃO DO CEARÁ.

CASA ABANDONADA NOS SERTÕES DE CANINDÉ

‘’Percorrer o Sertão do Ceará tornou-se uma tarefa difícil e perigosa. A zona rural de vários municípios dos Sertões de Canindé e Vale do Curu estaria ficando deserta em conseqüência da violência. "As famílias de agricultores familiares estão abandonando as terras e os animais para morar na zona urbana tentando fugir da violência", denuncia Frei Anastácio Morais que tem laços familiares no Município de General Sampaio, mas reside no Estado do Piauí, na cidade de Valência

Na última segunda-feira dia 16 de novembro, a Reportagem do PORTAL C4 NOTÍCIAS DO POVO ON LINE, encontrou o padre na cidade de General Sampaio e ouviu as lamentações de quem prega pela paz, pela vida.

Frei Anastácio citou como exemplo, as zonas rurais de Ramalhete, Pedras Pretas, Riacho dos Porcos, Morada e Nova em General. Ele disse que esteve visitando esses lugarejos durante o final de semana e recebeu muitos relatos de assaltos. "Os bandidos não estão poupando nem os idosos. Eu recebi relatos de idosos de 84, 86 e 92 anos que foram vítimas de assaltos e já se mudaram para a zona urbana, temendo morrer", disse.


CASA ONDE IDOSA FOI ROUBADA
 QUATRO VEZES - PARAMOTI

O religioso disse que na zona rural de Ramalhete, um idoso de 92 anos foi assaltado quatro vezes em um período de quatro meses. "Depois disso, o idoso se mudou com toda família para a cidade e deixou casa e os animais de criação para traz" lamentou.

"Na zona rural de Anjicos, também ouvi relatos de duas vítimas de 86 e 89 anos, que passaram por três assaltos. Eles também se mudaram para a cidade com medo da bandidagem. O clima é de muito medo e de tensão em toda a região do", afirmou.

No município de Tejuçuoca, segundo o padre, tanto na zona rural quanto na zona urbana, a situação é a mesma. "Na área rural, que faz divisa com, Apuiarés, Canindé, General Sampaio e Santa Quitéria os assaltos são constantes. A ação dos bandidos provocou até um toque de recolher entre os pequenos comerciantes.

“Em Vertentes a partir das 7 da noite, donos de pequenos bares, vendedores de alimentos fecham as portas para tentar se livrar dos assaltos” relatou o sacerdote.
O petista disse que, diante do quadro de medo que toma conta da população, as pessoas estão deixando até de prestar queixa nas delegacias. "O povo sabe que a polícia prende os bandidos e logo eles são soltos. Temendo represália, a grande maioria não vai às delegacias prestar boletim de ocorrência", destacou.

Frei Anastácio disse que está encaminhando apelo ao Governador do Estado do Ceará Camilo Santana e ao Secretário de Segurança, Delci Teixeira no sentido de que medidas sejam tomadas para reformar a segurança também na zona rural cearense. "O povo não suporta mais, o cidadão de bem está apavorado", lamentou.

Anastácio anunciou ainda que vai encaminhar documento narrando a situação aos Deputados que são votados nas regiões afetas para que medidas sejam adotadas.

‘’Essa é a hora de cobrarmos das autoridades, porque levaram os votos e agora precisam defender essa gente’’, finalizou o padre que por medidas de segurança, não iremos publicar sua imagem no Portal. Em alguns casos, placas de vende-se podem ser visualizadas.


CASA COLOCADA A VENDA POR CONTA DA VIOLÊNCIA
Na divisa de Canindé com Tejuçuoca os roubos são constantes, principalmente em Fazendas, onde os ladrões levam gado, ovelha, bode e até galinhas. ‘’Ninguém fica mais sozinho em casa’’, Pedro Valente que não faz valer o sobrenome.

Fonte: Texto e fotos Antonio Carlos Alves

Nenhum comentário

Pedimos aos usuários que logo abaixo da caixa de comentários ao invés de anonimo, coloquem nome/url e coloquem a identificação a fim de comprovar seus cometários, é muito importante que vcs se identifiquem assim suas opiniões serão mais aceitas. Aos que persistirem no anonimato será feita a devida moderação nas palavras e afirmações comentadas.

Não utilizem palavras ou frases que ataquem ou agridam a outrem direta ou indiretamente, o portal C4 Notícias modera os comentários mas não se responsabiliza pelas opiniões deixadas por seus leitores.

att
Equipe C4 Notícias