Canindé

[Canindé][bleft]

Regional

[Regional][twocolumns]

SINDICALISTAS MANTÉM ACAMPAMENTO NA CIDADE DE CANINDÉ.


ELES AFIRMAM QUE SÓ DEIXAM A SEDE DO MUNICÍPIO COM REIVINDICAÇÕES ATENDIDAS.

Enquanto as autoridades governamentais a nível Federal, Estadual e Municipal não decidem atender as reivindicações dos trabalhadores rurais do Município de Canindé, eles permanecem acampados no pátio Joaquim Magalhães Filho.

Faixas com dizeres: ‘’NENHUMA FAMÍLIA SEM CASA, NENHUM CAMPÔNES SEM TERRA, NENHUM TRABALHADOR SEM DIREITO’’, permanecem estendidas nas paredes do prédio e as bandeiras do Movimento dos Sem Terra e da Federação dos Trabalhadores do Estado do Ceará, tremulam nos mastros fixados em frente à Prefeitura.

Na manhã desta sexta-feira, está prevista a vinda dos Secretários de Desenvolvimento Agrário Dedé Teixeira, Francisco Teixeira da Secretaria de Recursos Hídricos, técnicos da Superintendência de obras hidráulicas do Ceará e o Delegado do Ministério do Desenvolvimento Agrário, Francisco Sombra.

‘’O povo fica e só deixa o pátio da prefeitura depois de resolvidas todas as questões’’, garante a coordenadora das mulheres regional do Sertão Central, Iolanda Ferreira Silva.

Aílton Soares disse que em São Serafim ainda existem famílias que não foram cadastradas no programa operação pipa. ‘’Se não houver nenhuma decisão no dia de hoje, outras medidas serão tomadas’’, avisou o sindicalista que faz parte do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Canindé.

Uma das lideranças do Movimento dos Sem Terra na região Antônia Ivoneide do MST, disse que nos últimos dias, cinco poços foram alocados e aguardam a decisão da SHOIDRA, porque emperrou na burocracia do Governo do Estado. ‘’Até agora foram perfurados 14 poços, sendo que três deram vazão zero. Para Canindé, mais cinco estão em fase de espera para perfuração e dois para serem analisados’’, explica Neném, como é conhecida.

Segundo ela, o movimento espera pela perfuração de mais oito poços, sendo cinco em Caridade e três em Paramoti. A demanda do MST é de 43 reservatórios.


O Chefe de Gabinete da Prefeitura Milton Alves, no final da tarde de ontem entregou a imprensa, um documento que mostra que Canindé se encontra no Estado de Emergência, publicado no Diário Oficial no dia 5 de outubro de 2015, decreto nº 052/2015, de 30 de setembro de 2015.

No texto, a redação diz que a população do Município de Canindé se encontra totalmente vulnerável pela falta de distribuição contínua e adequada de água potável, o que vem gerando assim um estado de intranquilidade e inquietação dos munícipes. 

Em outro paragrafo o prefeito Paulo Justa explica que o ensejo a declaração do estado de anormalidade, não só permanecem, mais se intensificaram, em virtude da irregularidade das chuvas, apresentadas durante o período da quadra invernosa, bem como a se guidão dos reservatórios de água que abastecem a municipalidade, por meio do Serviço de Água e Esgoto – SAAE.

ALIMENTAÇÃO É FEITA EM FRENTE A PREFEITURA


FOTOS E TEXTO: ANTONIO CARLOS ALVES
Post A Comment
  • Blogger Comment using Blogger
  • Facebook Comment using Facebook
  • Disqus Comment using Disqus

Nenhum comentário :

Pedimos aos usuários que logo abaixo da caixa de comentários ao invés de anonimo, coloquem nome/url e coloquem a identificação a fim de comprovar seus cometários, é muito importante que vcs se identifiquem assim suas opiniões serão mais aceitas. Aos que persistirem no anonimato será feita a devida moderação nas palavras e afirmações comentadas.

Não utilizem palavras ou frases que ataquem ou agridam a outrem direta ou indiretamente, o portal C4 Notícias modera os comentários mas não se responsabiliza pelas opiniões deixadas por seus leitores.

att
Equipe C4 Notícias


Prefeitura

[Prefeitura][grids]

Ceará

[Ceará][list]

Nacional

[Nacional][bsummary]

Plantão Policial

[plantão policial][threecolumns]