Canindé

[Canindé][bleft]

Regional

[Regional][twocolumns]

EXCLUSIVO: PASTORAL DA CRIANÇA. EXPERIÊNCIAS SOCIAIS COMUNITÁRIAS NO BRASIL SERÃO MOSTRADAS NA CIDADE DE CANINDÉ.

PASTORAL DA CRIANÇA IRÁ COMEMORAR 30 ANOS NO CEARÁ NA CIDADE DE CANINDÉ


PASTORAL DA CRIANÇA VAI COMEMORAR 30 ANOS DE AÇÃO SALVANDO VIDAS NO CEARA.


A cidade de Canindé será palco do maior encontro social do Brasil em defesa da criança. Durante os dias 12 e 13 de setembro serão discutidos assuntos relacionados a experiências comunitárias que ajudaram a construir a história do movimento que já salvou várias vidas no Sertão do Ceará.


A programação começa no dia 12 de setembro com ‘’CASA ABERTA’’, na Basílica das 9h às 16hs. 18h, uma Missa em Ação de Graças na Quadra da Gruta de Nossa Senhora de Lurdes que comporta cinco mil pessoas. Após a santa missa, os participantes seguirão para Quadra Paroquial.


Ás 22h início das apresentações e vivências das lideranças da Pastoral da Criança que se estenderá até às 6h da manhã do dia 13 de setembro. No encerramento um café da manhã para os presentes.


A trajetória da fundação da Pastoral da Criança é repleta de história e esperança, conquistas, superação e transformação social. Surgiu da necessidade de diminuir a mortalidade infantil e a desnutrição, onde uma das principais causas eram as diarreias.

Dom Paulo Evaristo Arns, ao estar em uma reunião na Suíça com o Diretor do UNICEF na época, teve a ideia de que a Igreja poderia fazer um trabalho para diminuir a mortalidade infantil por causas facilmente preveníveis, ensinando as mães, o soro caseiro.

A partir dessa ideia Dom Paulo Evaristo pensou em sua irmã Zilda Arns para ver o que poderia ser feito.

Dra. Zilda Arns Neumann, lembrou logo de uma passagem da Bíblia. A multiplicação dos dois peixes e dos 5 pães que saciaram a fome de 5.000 homens, sem contas as mulheres e crianças.

Cheia de fé e confiança em Deus, Dra. Zilda começou a esboçar o projeto com a esperança de ajudar a salvar milhões de crianças no Brasil e no mundo.

Começou a dividir comunidades, capacitar as pessoas que queriam fazer esse trabalho voluntário e passou a visitar as famílias no final de cada mês para saber se estavam satisfeita com as ações.

O próximo passo então, foi dar início concreto ao trabalho da Pastoral da Criança. Dom Geraldo Magella Agnelo, cardeal foi escolhido para acompanhar a Dra. Zilda na organização.

Em Setembro de 1983, a Pastoral da Criança iniciou suas atividades na cidade de Florianópolis, com a finalidade de diminuir a alta taxa de mortalidade infantil existente naquele município.

A partir daí, a Pastoral da Criança só foi crescendo e se fortalecendo em várias partes do Brasil e do mundo. Atualmente estar presente em 4.066 municípios acompanhando 1.816.261 crianças menores de seis anos.

Já marca presença também em 17 países.

Nesses anos de caminhada muitas histórias de superação. Quando começou a Pastoral, de cada mil crianças que nasciam 80 morriam antes de completar um ano. Hoje ainda morre 12 em cada mil. Então foi bem reduzida à mortalidade infantil, mas ainda não basta, precisa reduzir mais. Para isso é preciso manter uma qualidade nas ações.

Outro benefício grande, foi à redução drástica da desnutrição. Cerca de 150 mil crianças, a cada ano foram recuperadas da desnutrição.

Hoje o quadro chega a 3,6%. Isso graças a um trabalho fantástico que os líderes da Pastoral e toda comunidade colaboraram para que tivesse esse resultado.


‘’Tudo isso é graça, tudo isso é dom de Deus!”. No seu último discurso antes de falecer no ‘’HAITI’’, a médica Zilda Arns, disse em tom emocionado: "E a semente da Pastoral da Criança foi se estendendo, de forma lenta e sempre; a cada mês, em mais comunidades essa árvore crescia. Apesar de brotar tão bem, regada por sol e chuva, o diabo continuava atentando e perguntava irônico: como implantar a Pastoral nesses bolsões de miséria, quando nelas você não encontrava líderes da Igreja, e que muitas vezes sobrevivem da prostituição do corpo ou da alma, em nome da miséria? Perguntei então a Jesus: Você nos ensinou que veio para que Todos tenham vida, sem restrição. O sangue e o suor esparramado por esses coordenadores e líderes, em nome da caridade, não vale mais? Elas por acaso não são as prediletas de Deus, as santas dos dias de hoje, porque doam suas vidas, o maior mandamento que Você, Jesus, nos deu?".


Zilda Arns Neumann Coordenadora Nacional da Pastoral da Criança e representante da CNBB no Conselho Nacional de Saúde. No Ceara a PC foi criada pelas irmãs Maria Methildes Sousa e Leonisia Camin, depois se estendendo para outras cidades do interior.


‘’A Pastoral da Criança comemora esse feito através de uma missão de vida e da esperança, junto as famílias multiplicando saberes e informações seguras e confiáveis. É através da experiência comunitária do encontro, das visitas, das celebrações da vida e resultados alcançados que nossa história se constrói todos os dias, onde nós somos chamados a uma ação evangelizadora tendo como referência aquele que disse: ‘’EU VIM PARA QUE TODOS TENHAM VIDA E VIDA EM ABUNDÂNCIA’’, ressalta Fábio Soares que soma esforços para atender as exigências da PC.


A PASTORAL DA CRIANÇA EM CANINDÉ.

A história da Pastoral da Criança em Canindé, não foi tão diferente, surgiu devido o grande número de crianças pobres e carentes. Foi implantada por missionários apoiados pelos franciscanos que vieram de bairros e comunidades que ajudaram a divulgar todo trabalho. Dividiram as comunidades, conquistaram as pessoas e fizeram a formação de vários líderes, capazes de acompanharem gestantes e crianças até os seis anos.

A Pastoral da Criança foi implantada com presença da médica sanitarista ZILDA ARNS, que ganhou até uma placa comemorativa na Praça Nem Martins, mas depois de sua reforma a placa sumiu. No local uma planta identificada como ‘’PINHEIRO’’, foi plantada, mas devido à falta de cuidados, morreu. Cuidados estes que precisam ser dados às crianças, porque caso contrário, também morrem.

TEXTO E FOTOS: ANTONIO CARLOS ALVES
Post A Comment
  • Blogger Comment using Blogger
  • Facebook Comment using Facebook
  • Disqus Comment using Disqus

Nenhum comentário :

Pedimos aos usuários que logo abaixo da caixa de comentários ao invés de anonimo, coloquem nome/url e coloquem a identificação a fim de comprovar seus cometários, é muito importante que vcs se identifiquem assim suas opiniões serão mais aceitas. Aos que persistirem no anonimato será feita a devida moderação nas palavras e afirmações comentadas.

Não utilizem palavras ou frases que ataquem ou agridam a outrem direta ou indiretamente, o portal C4 Notícias modera os comentários mas não se responsabiliza pelas opiniões deixadas por seus leitores.

att
Equipe C4 Notícias


Prefeitura

[Prefeitura][grids]

Ceará

[Ceará][list]

Nacional

[Nacional][bsummary]

Plantão Policial

[plantão policial][threecolumns]