Header Ads Widget

Responsive Advertisement

Canindé: Justiça realiza audiência com vereadores supostamente fantasmas em prefeitura

Os dois faziam parte da base aliada do prefeito cassado e parentes de ex-secretários na outra gestão.

Aconteceu na manhã desta quarta-feira, 09, na sala das audiências da 1ª Vara da Comarca de Canindé audiência de instrução e julgamento para ointerrogar os vereadores do Município, Antônio de Pádua Oliveira(PMN) também conhecido por “Antônio do Ives” e Zeleide Araújo Ferreira(PRB). Também foram ouvidos testemunhas de defesa dos parlamentares, sendo duas em favor de Zeleide e três de Antônio do Ives. 

Os vereadores são acusados pelo Ministério Público Estadual, através de ação civil pública de recebem os dois salários, mas não exercem as funções nos cargos de professora e vigia na Prefeitura Municipal de Canindé, sendo chamados pela Promotora de “funcionários fantasmas”. 

Após a realização da audiência, o juiz titular da 1ª Vara, Antônio Josimar Almeida Alves determinou dez dias para a apresentação das alegações finais. 

Os vereadores chegaram a serem afastados dos cargos no inicio deste ano e retornaram após pouco mais de quinze dias da decisão. 

Atendendo a ação de Improbidade impetrada pela Promotora de Justiça da Comarca de Canindé Lucy Antonelli, supostamente porque os dois estavam dois cargos, sendo um no Legislativo e outro no Executivo.


Foi comprovado nas investigações do Ministério Público, que os vereadores recebem os dois salários, mas não exercem as funções nos cargos. 


Segundo a promotora não foi provado que Zeleide Araújo e Antônio do Ives estevam lotados e prestando serviços ao Município. 


Os dois faziam parte da base aliada do prefeito cassado Celso Crisóstomo, sendo que o irmão da vereadora Zeleide ocupou o cargo de Secretário de Educação e o filho do vereador Antônio do Ives ocupou o cargo de Secretário de Cultura e Esportes.




Com informações do site Canindé Urgente!

Postar um comentário

0 Comentários