Últimas Notícias

Estátua de São Francisco e a Mobilidade Urbana de Canindé

.
As obras de construção do sistema viário, praça e estacionamento com viabilização e otimização do monumento (estátua) de São Francisco orçadas no valor de um milhão e oitocentos mil com prazo de seis meses para ficarem prontas requer a mais criteriosa atenção da população em geral uma vez que é imprescindível que a Paróquia, a CDL, as associações de camelôs, taxistas, mototaxistas, carros-de-horário, profissionais de imprensa, Câmara Municipal e Prefeitura se reúnam para debater e decidir pela criação de um Fórum Permanente de Mobilidade Urbana em Canindé no sentido de estabelecer uma política de gestão com a finalidade de substituir a curto, médio e longo prazo a pavimentação de pedra tosca e asfalto por paralelepípedo e piso lajeado em áreas comuns.


Uma cidade turística religiosa que tem como característica a movimentação de milhares de pessoas andando à pé deve priorizar a ligação de seus principais atrativos com pavimentação que atenda aos mais exigentes padrões de mobilidade urbana onde pessoas de todas as idades e dificuldades de locomoção possam se deslocar livremente e com a mais devida segurança pela cidade de Canindé onde o uso de paralelepípedo e pisos lajeados assume o caráter de prioridade máxima pelo fato de propiciar uma mobilidade segura e sem obstáculos e maiores impactos à saúde motora dos transeuntes.


A Praça de Canindé carece de uma melhor adequação de espaços urbanísticos e paisagísticos necessários ao bem estar de seus habitantes e turistas romeiros. As drásticas condições gerais de pavimentação e urbanismo de Canindé depõem contra o tratamento que os milhares de romeiros recebem de uma Cidade do Turismo religioso que mantém forte sua economia, arrecadação, emprego e renda de parte expressiva de sua população residente. Ver àqueles que muito ajudam a população de Canindé se deslocar aos milhares por ruas, praças e avenidas por cima de obstáculos e caindo em buracos é um absurdo intolerável.


Aplicar bem o valor de um milhão e oitocentos mil para a construção do sistema viário, praça e estacionamento é um importante passo na viabilização e otimização do monumento (estátua) de São Francisco remete a preocupação geral em se evitar ao máximo o emprego da pedra tosca; que vira o tornozelo de quem anda à pé e abolir a pavimentação de asfalto porque esquenta a cidade, diminui a absorção de água nos lençóis freáticos, impede a recuperação de poços profundos, aumenta a temperatura local e expõem pessoas as mais diversas enfermidades lotando os hospitais.


A criação de um Fórum Permanente de Mobilidade Urbana em Canindé por certo irá escolher a melhor forma de pavimentar as ruas e avenidas com paralelepípedo e as praças e áreas comuns com blocos formadores de piso lajeado para garantir uma mobilidade urbana segura e agradável mediante a ligação e integração dos principais atrativos turísticos aos abrigos e estruturas hoteleiras, terminais de transportes, restaurantes e estabelecimentos públicos e privados da cidade Canindé.


Tal prioridade deve ser transformada em política pública de mobilidade urbana local. Isso é indispensável para qualquer gestão pública caso tenha o compromisso de bem tratar sua população e os romeiros de modo compatível com as virtudes turísticas de uma cidade que acolhe em torno de dois milhões de visitantes que se deslocam à pé pela cidade de Canindé...


André Noronha Brasil
Acadêmico de Administração Pública
Universidade Federal do Ceará UFC

Nenhum comentário

Pedimos aos usuários que logo abaixo da caixa de comentários ao invés de anonimo, coloquem nome/url e coloquem a identificação a fim de comprovar seus cometários, é muito importante que vcs se identifiquem assim suas opiniões serão mais aceitas. Aos que persistirem no anonimato será feita a devida moderação nas palavras e afirmações comentadas.

Não utilizem palavras ou frases que ataquem ou agridam a outrem direta ou indiretamente, o portal C4 Notícias modera os comentários mas não se responsabiliza pelas opiniões deixadas por seus leitores.

att
Equipe C4 Notícias