Header Ads Widget

Responsive Advertisement

Vereadores e empresários são apontados por suposta compra de votos que afastou prefeito

nome de três empresários Canindeenses foram citados em uma gravação, envolvendo o suposto pagamento de propina a vereadores para votar pelo afastamento do prefeito de Canindé, Celso Crisóstomo.

Segundo o áudio que já ganhou bastante repercussão na internet, 5 vereadores receberiam, cada um, a quantia de R$ 150 mil reais para votar contra o prefeito. O pagamento seria feito pelos comerciantes que são bastante conhecidos na cidade. Entre eles o nome do vice-prefeito (agora prefeito) é citado por Stênio Maciel que foi quem fez a denúncia a Câmara Municipal de Canindé, nesta sexta-feira (05), mas o presidente Valdemar Filho se recursou a receber a denúncia. O denunciante disse que vai levar o caso ao Ministério Público.

Acompanhe mais detalhe na reportagem da CNE TV.




Fonte:  CNE TV.

Postar um comentário

0 Comentários