Header Ads Widget

Responsive Advertisement

Seca Total: População de Canindé sofre com falta de água, enquanto aguarda conclusão da Adutora de General Sampaio.

Os três reservatórios que abasteciam o Município de Canindé Sousa, São Mateus e Escuridão atingiram nesse final de semana o ponto mais critico de todos os tempos. Nunca depois de construídos os três açudes chegaram a secar totalmente. Com essa triste situação quem sofre com a falta d’água é a população quem tem que comprar o líquido precioso com preços exorbitantes ou acordar de madrugada e enfrentar filas em busca dos poucos sistemas simplificados de abastecimentos instalados em alguns bairros da cidade.

Atualmente somente alguns poços profundos estão interligados na rede de tratamento do SAAE, mas a vazão de água chega a ser ínfimo para atender uma população de mais de 60 mil pessoas somente na sede.

Moradores dos Bairros mais distantes da Estação de Distribuição e Tratamento do Serviço Autônomo relatam que há mais de cinco meses não recebem uma gota d’água na torneira e por algumas vezes a conta ainda chegava no final do mês.

A solução imediato para o problema é a conclusão da adutora de General Sampaio que segundo o Prefeito de Canindé Celso Crisóstomo já está com 98 % dos trabalhos concluídos. Se bem que essa obra já deveria ter ficado pronta, pois por diversas vezes o Prefeito e o Presidente do SAAE se pronunciaram dando prazo para inauguração e nada foi resolvido sendo palavras vazias que ligam o nada a coisa nenhuma.

Toda essa situação poderia ter sido evitada se primeiro a população tivesse a consciência de economia do liquido da vida e se as autoridades competentes sabendo dessa seca que já castiga o nosso estado há mais de três anos tivessem se programados construído poços e adutoras de maneira mais rápida e eficaz.




Portal C4 Notícias
SECA - CANINDÉ - FALTA DE ÁGUA - ADUTORA - GENERAL SAMPAIO
Colaboração: Welligton Lima

Postar um comentário

0 Comentários