Últimas Notícias

POLÊMICA NA POLITICA DE CANINDÉ. VEREADOR É DENUNCIADO POR TER RECEBIDO O SEGURO SAFRA.

Mais uma história que está dando muito o que falar em Canindé. Um Vereador da nossa Câmara Municipal teria recebido o Beneficio do Governo Federal Seguro Safra. E quem é o Parlamentar? Segundo a postagem do internauta José Augusto, denunciante no grupo do Facebook TODOS POR CANINDÉ LIVRE, trata-se do Vereador Chico Conde, filiado ao DEM.


Na postagem o denunciante mostra documentos extraídos do Portal da Transparência do Governo Federal onde cita que o senhor Francisco Costa Barros (Chico Conde) recebeu o beneficio durante os anos 2012 e 2013 somando a quantia de R$ 1.800.

Nas informações contidas no Portal da Transparência aparecem os dados pessoais do Vereador como data de nascimento, profissão de agricultor e escolaridade Ensino Fundamental Incompleto onde estaria descartada a hipótese de homônimo, ou seja, ser outra pessoa.

O assunto é por demais polêmico. Primeiro: É realmente verdade, o Vereador Chico Conde recebeu seguro safra? Ou é mais uma denuncia vazia? Ele poderia receber estando na condição de Vereador mesmo sendo agricultor?


Sua condição de agricultor que ora exerce lhe permite receber o seguro, ou está fora dos critérios exigidos pela a lei que criou o programa? Ele ainda continua recebendo? Se não está mais recebendo, saiu por quê? Quem o colocou no programa? E, se Ele Chico Conde estava impedido de receber o seguro, mesmo assim foi ao banco e sacou o dinheiro, o que fazer agora?


O vereador teria cometido uma fraude no programa Seguro Safra, que é para atender pequenos agricultores e ele se beneficiou sem ter direito? Qual a punição para um agente publico que pratica atos contrários a lei? Em fim. Essas perguntas tem que serem respondidas para não ser alimentada a polêmica que já se instalou. Agora, que está em jogo à credibilidade de um programa Federal de larga escala, como é o seguro safra, isso está. Como também o decoro do Parlamento Canindeense, e o do próprio representante do povo, no caso o Vereador Chico Conde.


Isso tem que ser muito bem explicado, já que o denunciado não se trata de uma pessoa qualquer, e sim, de um cidadão que exerce um cargo publico da mais alta relevância para o município, e, que está sendo acusado de ser beneficiado por um programa do Governo Federal, que acredito ter critérios a ser seguidos.


RESPOSTA DA DENUNCIA.
Nossa Reportagem procurou o Vereador para falar sobre a denuncia e através de seu assessor parlamentar Jaelson Oliveira fomos informados que de fato o senhor Chico Conde recebeu o beneficio antes de ocupar uma cadeira na Câmara Municipal, pois o mesmo durante toda sua vida exerceu a profissão de agricultor.


Abaixo transcrevemos as palavras do assessor do Vereador.


“....O senhor Francisco Conde Vereador da Câmara Municipal de Canindé, antes de tudo é um cidadão bastante conhecido por toda população Canindeense. Ele é sim um agricultor, homem de mais de 60 anos, homem que entra na roça e faz seu trabalho como agricultor e quanto ele fez o cadastramento do seguro safra no qual estão postando nas redes sociais nem Vereador ele era e como ele tinha pago esse imposto, esse seguro que se paga para o Governo o Seguro Safra ele teve o dever e a Lei permite que ele recebesse o beneficio pois o mesmo exercia a função de agricultor. ”...


Jaelson Oliveira concluiu dizendo que isso não passa de uma perseguição politica dos adversários do Vereador e que o mesmo está disposto a fornecer qualquer explicação sobre o assunto.

Segue os documentos do Portal da Transparência. 






Conforme o Portal da Transparência da CGU do Governo Federal o senhor Francisco Abreu Barros (Chico Conde) recebeu em 2012 e 2013 a quantia de R$ 1800,00 referente ao pagamento do Garantia - Safra. Segue anexo as informações e abaixo os dados do nobre Edil.

Nome: Francisco Abreu Barros
Idade: 67 anos (05/05/1948)
Naturalidade: Canindé/CE
Estado Civil:Casado(A)
Ocupação: Agricultor
Escolaridade: Ensino Fundamental Incompleto

Fonte: Wellington Lima

5 comentários:

  1. ATENÇÃO OPOSIÇÃO ISSO É QUEBRA DE DECORO! HORA DE CASSAR O VEREADOR!

    ResponderExcluir
  2. Bolsa Estiagem ou Auxílio Emergencial é um benefício federal instituído pela Lei Nº 10. 954, de 29 de setembro de 2004 com o objetivo de assistir famílias de agricultores familiares com renda mensal média de até 2 (dois) salários mínimos, atingidas por desastres no Distrito Federal e nos municípios em estado de calamidade pública ou em situação de emergência reconhecidos pelo Governo Federal, mediante portaria do Ministro de Estado da Integração Nacional.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. mais ele ganha mais de oito mil, pode receber?????

      Excluir
  3. se ele recebeu tem que devolver e responder por isso.

    ResponderExcluir
  4. Que o vereador era agricultor, todos sabemos, agora o assessor dele deveria se informar melhor porque a partir do momento em que ele saiu da condição de agricultor e passou acumular o trabalho de vereador e agricultor, jamais poderia receber o suguro safra, o vereador está ocupando uma vaga de quem precisa e isso é uma vergonha, além de ser crime porque omitiu durante o cadastramento que já ocupava o cargo de vereador + aposentado, ou seja, ele fez a renovação do cadastro do seguro safra, e neste momento era para ter pedido o desligamento do programa e não fez porque não quiz, então deverá responder na forma lei.

    ResponderExcluir

Pedimos aos usuários que logo abaixo da caixa de comentários ao invés de anonimo, coloquem nome/url e coloquem a identificação a fim de comprovar seus cometários, é muito importante que vcs se identifiquem assim suas opiniões serão mais aceitas. Aos que persistirem no anonimato será feita a devida moderação nas palavras e afirmações comentadas.

Não utilizem palavras ou frases que ataquem ou agridam a outrem direta ou indiretamente, o portal C4 Notícias modera os comentários mas não se responsabiliza pelas opiniões deixadas por seus leitores.

att
Equipe C4 Notícias