Header Ads Widget

Responsive Advertisement

Romeiros de Codó viajaram hoje de manhã para Canindé

Centenas de romeiros estão indo para Canindé
A romaria organizada pelo Grupo FC Oliveira, que este ano teve o comando do empresário Francisco Nagib e a coordenação de Araújo Neto, embarcou na manhã desta quarta-feira (15) rumo ao município de Canindé, no interior do Ceará onde ficarão até domingo participando do tradicional festejo religioso em homenagem a São Francisco das Chagas.

Este ano, a nova coordenação realizou algumas mudanças. O número de romeiros baixou de 120 para 90 pessoas em cada veículo, porém aumentou a quantidade de carretas paus de arara para um total de 16. De acordo com Araújo Neto, a ideia foi ampliar a segurança e dá mais espaço para as pessoas que viajam entre crianças, jovens, adultos e boa parte de idosos.

Nesta manhã mais de 1.500 romeiros seguiram para a cidade santuário onde pagarão suas promessas feitas ao santo por alguma graça recebida ou mesmo mantendo a tradição familiar, já que muitos devotos seguem São Francisco por ter herdado a devoção dos familiares. A romaria de Codó está prevista para chegar em Canindé amanhã, quinta-feira (16) e seguirá o ritual tradicional com uma grande carreata pelas ruas da cidade cearense com a participação do empresário Francisco Carlos de Oliveira.

Conforme informações de Francisco Nagib, este ano, a grupo teve dificuldades para garantir a liberação da romaria. No Maranhão a licença para o transporte dos romeiros em carros paus de arara foi negada, mas o empresário conseguiu a tempo a permissão da Polícia Rodoviária Federal para que todas as carretas tenham passagem livra nos pontos de fiscalização. Mas isso só aconteceu depois de uma minuciosa verificação dos transportes pela PRF que constatou as condições de segurança adequadas para a viagem.

Nos estados do Piauí e Ceará, muitos caminhões paus de arara estão sendo apreendidos pela Polícia Rodoviária Federal por ser irregular e não oferecer as condições mínimas de segurança, dentre as quais está a superlotação. Em Canindé, o Frei Amilton, coordenador da Basílica, esta semana, se manifestou e criticou a ação da PRF alegando que em todos esses anos de festejo, não registro histórico de acidentes envolvendo os romeiros de São Francisco.

A romaria codoense retorna no domingo (19) e chega em Codó na segunda-feira (20) a noite onde farão uma carreata para marcar a chegada de todos os fiéis que foram à cidade santuário.


Correio Codoense

Postar um comentário

0 Comentários