Header Ads Widget

Responsive Advertisement

Paralisações nos campi do IFCE de Caucaia, Canindé, Crateús, Ubajara e Camocim

O campus Caucaia do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE) decidiu paralisar atividades, em defesa da jornada de trabalho de 30 horas semanais. Após assembleia na última sexta-feira, 24, os servidores do Campus decidiram suspender o funcionamento nos dias 3, 4 e 5 de novembro. Juntam-se aos servidores dos campi do IFCE de Canindé, Crateús, Ubajara e Camocim, que também paralisarão suas atividades para cobrar a revogação da portaria assinada pela Reitoria do Instituto que modifica de 30 para 40 horas semanais a jornada de trabalho dos servidores.

Os campi do IFCE em Limoeiro do Norte e Tabuleiro do Norte já realizaram paralisações e os servidores do Campus Limoeiro seguem com a greve.

Representantes do Sindicato dos Servidores do IFCE (SINDSIFCE), participaram de assembleias nos diversos campi e reiteraram que ao contrário do que afirma a administração do IFCE, existe pleno amparo legal para que seja mantida a jornada de 30 horas, direito esse conquistado pelos servidores na greve de 2012 e aceito pela própria Reitoria.
 
 
 
 
Portal C4 Notícias
IFCE - GREVE - CEARÁ - CAMPUS CANINDÉ

Postar um comentário

0 Comentários