Header Ads Widget

Responsive Advertisement

Em depoimento, motorista reafirma versão de que tentava desviar de motocicleta

O motorista do ônibus que perdeu o controle e vitimou 18 pessoas confirmou a versão inicial de que tentava desviar de uma motocicleta que freou na sua frente, em depoimento dado à delegada Giselle Martins, titular da Delegacia Regional de Canindé.

Conforme informações de peritos da delegacia, 9 famílias já realizaram pedido formal de liberação de corpo do Instituto Médico Legal (IML) de Canindé. O restante das vítimas está aguardando identificação de parentes ou pedido de liberação na Delegacia Regional. Conforme a secretária de Saúde do município, Aline Macedo, 4 corpos foram levados ao IML de Fortaleza para identificação. Devido à situação crítica em que se encontram os corpos, é possível que esse número possa subir.

"A gente trabalha no sentido de liberar mais rápido possível a pessoa para a sua família. Quatro pessoas ainda aguardam reconhecimento", afirmou Paulo Granjeiro, supervisor da Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce), em entrevista à TV Diário.







Portal C4 Notícias
TRAGÉDIA - CANINDÉ - ACIDENTE - ÔNIBUS
Fonte Rádio Jornal


Postar um comentário

0 Comentários