Canindé

[Canindé][bleft]

Regional

[Regional][twocolumns]

Boa Viagem se despede das vítimas de acidente com ônibus

FOTO: EDIMAR SOARES

O dia seguinte ao acidente que vitimou 18 pessoas na BR-020, em Canindé, teve velórios e sepultamentos na cidade de onde saíram os passageiros. Prefeitura de Boa Viagem decretou três dias de luto oficial


A semana parecia não ter começado no município de Boa Viagem, a 221,6 quilômetros da Capital. A segunda-feira teve escolas sem aulas e alguns estabelecimentos comerciais fechados. Na Prefeitura, os três dias de luto oficial vão até amanhã. Ontem, o movimento era nos cemitérios e locais de velórios das vítimas do acidente que matou, na manhã do domingo, 18 passageiros do ônibus da Viação Princesa dos Inhamuns que partira para Fortaleza. Oito foram enterrados ontem em Boa Viagem.

No Bairro de Fátima, gritos e choros incontidos vinham das primas de Patrícia da Silva Oliveira. A jovem, de 24 anos, era costureira. Faria prova prática de direção ontem na Capital para ser habilitada como motociclista. “Ela ia no sábado às três da tarde. Aí mudou de ideia. Disse: ‘Madrinha, vou no domingo de manhã mesmo’. Arrumou a bolsa e deixou pronta”, relembra a irmã Antônia Moreira, 48. Patrícia era a mais nova entre sete irmãos. Quatro deles viajaram de São Paulo para acompanhar o enterro, realizado na tarde de ontem no cemitério Parque da Esperança. “Era muito tranquila, sorridente. Todos gostavam dela”, lembra Antônia.

Também na sala de casa era velado o corpo do pedreiro Francisco Reginaldo da Glória, 46. “Deixou muita obra feita em aqui e em Fortaleza”, contou a mãe Francisca Anchieta, 63. Reginaldo havia morado por 30 anos na Capital. Voltou para Boa Viagem há dois anos. No domingo, acompanhava a esposa, que passaria um mês em Fortaleza com familiares. Sirleuda Gomes Freire da Glória, 48, também morreu no acidente e foi velada na Capital.

Logo no início da manhã, o caixão da professora aposentada Maria Rosary Pereira, 67, foi levado da escola Dom Terceiro para o cemitério. O enterro reuniu ex-alunos e professores. Foi lembrada por incentivar a cultura local e criar uma peça de teatro que contava a história do município. O corpo do esposo, Francisco Moura Lima, estava na Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce) em Fortaleza. Foi reconhecido na tarde de ontem.

A pequena sala, na localidade de Várzea da Ipueira, não comportou a multidão a velar os corpos de Francisca Venâncio da Silva, 67, e Vilauda Venâncio Barbosa, 38. Mãe e filha iriam à Capital para uma consulta médica. Após o acidente, ainda chegaram com vida ao Hospital de Canindé. Na tarde de ontem, os caixões foram acompanhados por muitas pessoas a pé, de moto e de carro até a capela Sant’ana. Após celebração, foram sepultadas no cemitério do distrito, a oito quilômetros da sede municipal. Os amigos de Vilauba choravam e lembravam o quanto a revendedora de cosméticos era querida.

Feridos

Até a tarde de ontem, duas pessoas haviam sido liberadas e nove permaneciam internadas no Instituto Doutor José Frota (IJF), em Fortaleza. Maria Inês Marreiro dos Santos, que teve fratura cervical, foi classificada como paciente de risco um. Mas, de acordo com a assessoria de imprensa do hospital, não corre risco de morte. 

Três homens - todos com ferimentos graves - foram submetidos a procedimentos cirúrgicos. Dois deles sofreram amputações dos membros superiores. Outros cinco pacientes (João Nunes da Silva, Cristiane de Sousa Paulino, José Ribamar Lima Oliveira, Francisco Douglas Sousa Uchôa, Hilda Inácio dos Santos) permaneciam na sala de observação da emergência para receber acompanhamento de neurologistas e traumatologistas. (colaborou Isabel Costa)

Saiba mais

A Pefoce identificou 17 vítimas do acidente - dez em Canindé e sete em Fortaleza. Oito corpos haviam sido trazidos para Fortaleza, no domingo, para realizar o reconhecimento. Apenas 
uma passageira permanecia sem identificação até a tarde de ontem.

De acordo com boletim especial divulgado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), o acidente da BR-020 deixou 21 pessoas feridas. Foram 12 pessoas com lesões graves e nove pacientes com lesões leves - segundo o documento. A secretária da Saúde de Canindé, Aline Macêdo, disse que alguns passageiros feridos receberam alta do hospital do município e da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) entre a noite de domingo e a tarde de segunda-feira.
Post A Comment
  • Blogger Comment using Blogger
  • Facebook Comment using Facebook
  • Disqus Comment using Disqus

Nenhum comentário :

Pedimos aos usuários que logo abaixo da caixa de comentários ao invés de anonimo, coloquem nome/url e coloquem a identificação a fim de comprovar seus cometários, é muito importante que vcs se identifiquem assim suas opiniões serão mais aceitas. Aos que persistirem no anonimato será feita a devida moderação nas palavras e afirmações comentadas.

Não utilizem palavras ou frases que ataquem ou agridam a outrem direta ou indiretamente, o portal C4 Notícias modera os comentários mas não se responsabiliza pelas opiniões deixadas por seus leitores.

att
Equipe C4 Notícias


Prefeitura

[Prefeitura][grids]

Ceará

[Ceará][list]

Nacional

[Nacional][bsummary]

Plantão Policial

[plantão policial][threecolumns]