06 março 2014

Sem adversário, o PT cresce. PMDB sem candidato, desaparece

O retrato municipal do PMDB no ano de 2012 era de 4.671 diretórios espalhados pelo Brasil vislumbrando 1.175 prefeitos e 8.495 vereadores. Enquanto isso, o PT alcançava a maior bancada na Câmara Federal com 88 deputados contra 79 parlamentares do PMDB. Atualmente, o PT conta com 87 deputados federais e o PMDB com 75 parlamentares.
Este perdeu quatro e aquele apenas um. O PSDB segue na terceira colocação com 44 deputados na Câmara Federal.  Considerando os 56.226 votos conferidos a legenda do PMDB na eleição presidencial de 2010 no Estado do Ceará, nota-se que o mais robusto partido brasileiro ficou atrás do minguante PSDB; segundo colocado com 78.752 votos de legenda contra a preferência do eleitorado pelo PT, que auferiu o primeiro lugar com 83.882 votos de legenda.

O PMDB ficou na terceira colocação no voto de legenda por conta da ausência  do "Porta Estandarte" na disputa eleitoral tanto para Presidente da República quanto para Governador no Estado do Ceará. Até em Fortaleza o PMDB caiu no esquecimento depois da era Cambraia e
Juraci Magalhães...

No País, Sarney foi o último presidente do PMDB. Tivemos apogeu do PSDB na Era FHC, onde o PT era o segundo colocado. Lula sucedeu, se reelegeu e fez a sucessora Dilma garantindo 12 anos do PT no poder majoritário nacional. A segunda colocação no ranking no período se deu com as candidaturas de Geraldo Alckmin e José Serra polarizando as duas últimas disputas pela Presidência da República. E o grandioso PMDB? Enrolou-se com a própria bandeira! Perdeu a visibilidade nacional.

O eleitorado brasileiro quer saber quem é o mais forte no combate e não no tamanho. O PMDB segue encolhendo suas fileiras por apoiar o Poder Executivo de modo subserviente tal qual fazia o PFL antes de mudar sua sigla para DEM para não desaparecer.  O PSDB, embora em acentuado declínio de suas fileiras, pelo simples fato de encarar a disputa majoritária tem em Aécio Neves a possibilidade de resgatar o que o PMDB  perdeu, a preferência do eleitorado nacional.

O voto de legenda se constitui na manifestação do eleitor quando a qualidade dos candidatos atinge o fundo do poço. Ainda assim, ao escolher apenas o partido político, o eleitor demonstra de forma subliminar quem ainda pode ser enxergado. A visibilidade e o simbolismo de qualquer partido vai sumindo quando não há participação na eleição tanto para presidente quanto para governador.

Se tamanho fosse documento o PMDB não seria o lanterna no cômputo dos votos de legenda para Presidente da República nas últimas eleições de 2010...

Acadêmico de Administração em Gestão Pública
Universidade Federal do Ceará UFC
André Noronha Brasil

0 comentários:

Postar um comentário

Pedimos aos usuários que logo abaixo da caixa de comentários ao invés de anonimo, coloquem nome/url e coloquem a identificação a fim de comprovar seus cometários, é muito importante que vcs se identifiquem assim suas opiniões serão mais aceitas. Aos que persistirem no anonimato será feita a devida moderação nas palavras e afirmações comentadas.

Não utilizem palavras ou frases que ataquem ou agridam a outrem direta ou indiretamente, o portal C4 Notícias modera os comentários mas não se responsabiliza pelas opiniões deixadas por seus leitores.

att
Equipe C4 Notícias

Copyright © C4 - Notícias de Canindé | Designed With By Blogger Templates
Scroll To Top