Canindé

[Canindé][bleft]

Regional

[Regional][twocolumns]

População Canindeense já pagou mais de R$ 67 milhões em impostos. Cadê o retorno?

Segundo informações colhidas do site http://www.impostometro.com.br da a Associação Comercial de São Paulo (ACSP), o contribuinte canindeense desde o dia 01/01/2013 até o fechamento desta matéria (16/07/2013), pagou R$ 67.193.677,64 em impostos. O impostômetro, considera todos os valores arrecadados pelas três esferas de governo a título de tributos, ou seja, impostos, taxas e contribuições, incluindo as multas, juros e correção monetária.

Para o levantamento das arrecadações federais a base de dados utilizada é a Receita Federal Brasil, Secretaria do Tesouro Nacional, Caixa Econômica Federal, Tribunal de Contas da União, e IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística.


As receitas dos estados e do Distrito Federal são apuradas com base nos dados do CONFAZ – Conselho Nacional de Política Fazendária, das Secretarias Estaduais de Fazenda, Tribunais de Contas dos Estados e Secretaria do Tesouro Nacional do Ministério da Fazenda. As arrecadações municipais são obtidas através dos dados da Secretaria do Tesouro Nacional, dos municípios que divulgam seus números em atenção à Lei de Responsabilidade Fiscal, dos Tribunais de Contas dos Estados.

Para fins de estimativa dos valores ainda não divulgados pelos órgãos acima, o Impostômetro utiliza os dados de arrecadação do igual período do ano anterior, atualizados com o índice de crescimento médio de cada tributo dos três anos imediatamente anteriores.

Sobre as projeções das arrecadações por município há o somatório das Receitas Correntes dos municípios, incluindo além das arrecadações de tributos municipais (IPTU, ISS, ITBI, Taxas e Previdências Municipais), o montante das transferências constitucionais realizadas pela União e pelo Estado a que pertença o município, bem como outras receitas não-tributárias (receitas patrimoniais, industriais, etc).

Diante das cifras, fica a pergunta... para onde está indo nossos impostos, taxas e contribuições, incluindo as multas, juros e correção monetária?

CONFIRA O IMPOSTÔMETRO DO MUNICÍPIO DE CANINDÉ
Post A Comment
  • Blogger Comment using Blogger
  • Facebook Comment using Facebook
  • Disqus Comment using Disqus

18 comentários :

  1. Boa C4. Gostei dessa.

    ResponderExcluir
  2. Porq q tem rua sem calçamento com tanto dinheiro pago por nós? só nesse país réi mesmo

    ResponderExcluir
  3. Os petistas, que se diziam esquerda, hoje direita, e lutaram por melhorias dos trabalhadores nos anos 90, hoje não mais levantam a bandeira dos trabalhadores, mas a bandeira dos banqueiros, que lutam por captação de recurso públicos. Os impostos são somente um em milhares de valores que são subtraídos a toque de caixa por esses gestores corruptos. O Brasil de hoje está banhado pelo mar da corrupção, graça aos corruptores e os corruptos eleitores que recebem benecies em troca e votos. Nosso país, nosso estado, nosso município nunca esteve tão podre, como hoje. É triste pensar que meus filhos viverão da lavagem e da destruição dos restos dessa sociedade acabada e maldita. Triste fim de uma história bonita. Seria bom se esse País nunca tivesse sido descoberto, certamente um índio saberia cuidar e governar melhor do que os atuais mandatários.

    ResponderExcluir
  4. Se voltasse realmente para nosso bolso, viveríamos na terra da Alice. Só flores!

    ResponderExcluir
  5. No Canindé nem direito a iluminação pública, nós temos. Melhor seria fechar logo essa jossa da prefeitura.

    ResponderExcluir
  6. E A CULPA É DE QUEM?????????? NOSSAAAAAAAAAAAAAA

    ResponderExcluir
  7. PAGAMOS TRILHÕES EM IMPOSTOS E VIVEMOS NA M#$%&DA. PAÍS DE SAFADOS.

    ResponderExcluir
  8. Imposto é uma quantia em dinheiro paga para o Estado brasileiro e aos estados e municípios por pessoas físicas e jurídicas. É um tributo que serve para custear parte das despesas de administração e dos investimentos do governo em obras de infraestrutura (estradas, portos, aeroportos, etc.) e serviços essenciais à população, como saúde, segurança e educação.

    Se os políticos levassem ao pé da letra, seria muitom bom pessoal. Mas infelizmente não levam e ficamos sem saúde, educação, emprego e infraestrutura. FORA DILMA

    ResponderExcluir
  9. Para conhecimento de todos, aquiva vai a lista básica de impostos que pagamos:

    Impostos federais

    II – Imposto sobre Importação.

    IOF – Imposto sobre Operações Financeiras. Incide sobre empréstimos, financiamentos e outras operações financeiras, e também sobre ações.

    IPI – Imposto sobre Produto Industrializado. Cobrado das indústrias.

    IRPF – Imposto de Renda Pessoa Física. Incide sobre a renda do cidadão.

    IRPJ – Imposto de Renda Pessoa Jurídica. Incide sobre o lucro das empresas.

    ITR – Imposto sobre a Propriedade Territorial Rural.

    Cide – Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico. Incide sobre petróleo e gás natural e seus derivados, e sobre álcool combustível.

    Cofins – Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social. Cobrado das empresas.

    CSLL – Contribuição Social sobre o Lucro Líquido.

    FGTS – Fundo de Garantia do Tempo de Serviço. Percentual do salário de cada trabalhador com carteira assinada depositado pela empresa.

    INSS – Instituto Nacional do Seguro Social. Percentual do salário de cada empregado cobrado da empresa e do trabalhador para assistência à saúde. O valor da contribuição varia segundo o ramo de atuação.

    PIS/Pasep – Programas de Integração Social e de Formação do Patrimônio do Servidor Público. Cobrado das empresas.


    Impostos estaduais

    ICMS – Imposto sobre Circulação de Mercadorias. Incide também sobre o transporte interestadual e intermunicipal e telefonia.

    IPVA – Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores.

    ITCMD – Imposto sobre a Transmissão Causa Mortis e Doação. Incide sobre herança.

    Impostos municipais

    IPTU – Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana.

    ISS – Imposto Sobre Serviços. Cobrado das empresas.

    ITBI – Imposto sobre Transmissão de Bens Inter Vivos. Incide sobre a mudança de propriedade de imóveis

    Espero ter ajudado.

    Douglas Serafim

    ResponderExcluir
  10. Mesmo antes do surgimento da moeda, os homens já realizavam trocas de bens e serviços, ou seja, o preço de algo era o que você podia oferecer em troca. Na sociedade em que vivemos então, nem se fala, tudo tem um preço: o salário do trabalhador é o preço de seu serviço, por exemplo. Sabemos que o Estado possui uma série de obrigações, como saúde, educação, segurança, etc. Obviamente, tudo isso também possui um custo – e alto. Então, como o Estado faz para custear suas atividades?

    Para poder garantir a prestação de serviços e cumprir suas obrigações perante a sociedade, o governo retira da mesma, de forma coercitiva, uma parcela de sua riqueza: os impostos. Essa coerção significa que os indivíduos não têm o direito de escolha: ou pagam ou sofrem as conseqüências (multas, sanções legais e administrativas, etc.). Em alguns países, o não-pagamento dos impostos é uma coisa tão séria que pode resultar até mesmo na prisão do indivíduo.

    Em tese, os cidadãos deveriam receber de volta o dinheiro que foi pago através da prestação de serviços. No entanto, sabemos que na maioria das vezes isso não ocorre, visto que certos serviços são prestados de forma ineficiente e até precária, por vezes.

    Segundo a teoria econômica, quanto maior o preço, menor a demanda. O que isso tem a ver? Bem, os inúmeros impostos que incidem diretamente sobre os produtos fazem com que os preços subam grandemente. Para se ter uma idéia, segundo relatório elaborado pelo Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário (IBPT), sem impostos, os preços de certos produtos cairiam até 83,07%. Assim, com o aumento dos preços causados pela tributação, o consumo cai, inibindo o desenvolvimento econômico.

    Mesmo assim, todos nós sabemos que os impostos são fundamentais para custear as atividades do Estado. No entanto, a grande questão é a aplicação do dinheiro arrecadado e se o mesmo está sendo empregado de forma eficaz e eficiente para proporcionar o bem-estar social.

    Por Tiago Dantas

    ResponderExcluir
  11. Me digam uma coisa e essa iluminação pública absurda, como podemos fazer para baixar o valor? Somos roubados a tempos e ninguém faz nada, antigamente o Alemão ainda falava, hoje não vejo mais e vocês o que dizem?

    ResponderExcluir
  12. QUANTO QUE ENTRA DE ILUMINAÇÃO PÚBLICA NOS COFRES DA PREFEITURA, PORQUE NÃO DIVULGAM ESSES DADOS. BORA CELSO DESENROLA ESSE ROLO.

    ResponderExcluir
  13. Eu sou brasileiro e adoro ser palhaço.

    ResponderExcluir
  14. Os políticos estão brincando, estão achando que todos vão se limitar aos protestos. Tenho dito. Há muitas pessoas estruturadas que estão com algo muito mais belicoso e audacioso na cabeça. Cuidado politicada, vocês ainda não sabem o que é revolta.

    ResponderExcluir
  15. Políticos brasileiros são os mais bem pagos no mundo, vocês acham que os salários desses V@G#$%NDOS vem da onde?

    ResponderExcluir
  16. R.O.U.B.A.L.H.E.I.R.A

    ResponderExcluir
  17. CADÊ O SINDSEC QUE NÃO VÊ ISSO? KKKKKKKKKKKKKKK

    ResponderExcluir
  18. meu Deus te coloco na frete de todos os meu problemas quanta injustiças desses homens aqui da terra eles são os judas o qual traiu jesus porque esse celso prometeu muitas maravilhas e hoje estar fazendo o povo sofrer mas oito anos de sofrimentos pois acabamos de sair de uma gestão péssima e entramos em outra meu amado pai retira essas bombas que jogaram aqui.

    ResponderExcluir

Pedimos aos usuários que logo abaixo da caixa de comentários ao invés de anonimo, coloquem nome/url e coloquem a identificação a fim de comprovar seus cometários, é muito importante que vcs se identifiquem assim suas opiniões serão mais aceitas. Aos que persistirem no anonimato será feita a devida moderação nas palavras e afirmações comentadas.

Não utilizem palavras ou frases que ataquem ou agridam a outrem direta ou indiretamente, o portal C4 Notícias modera os comentários mas não se responsabiliza pelas opiniões deixadas por seus leitores.

att
Equipe C4 Notícias


Prefeitura

[Prefeitura][grids]

Ceará

[Ceará][list]

Nacional

[Nacional][bsummary]

Plantão Policial

[plantão policial][threecolumns]