Últimas Notícias

Mais de 400 veículos já circulam legalmente em Canindé



Demonstrativo do Departamento Municipal de Trânsito (Demutran) de Canindé aponta que, no primeiro semestre de 2013, foram contabilizadas na cidade 38 apreensões de automóveis e 537 apreensões de motocicletas, totalizando 575 apreensões. Em contrapartida, no mesmo período foram liberados 25 automóveis e 416 motocicletas, somando 441 veículos liberados após regularização de pendências.



Os números do Demutran, órgão de fiscalização de trânsito da Prefeitura de Canindé, refletem os resultados do investimento da administração municipal em ações de fiscalização e segurança. “O relatório deixa claro que agora mais de 400 veículos estão circulando legalmente em nossa cidade, depois de apreendidos por irregularidades diversas”, comenta o secretário de Desenvolvimento da Cidadania, Segurança e Transporte (Sedecist) e comandante da Guarda Municipal de Canindé, Carlos Alberto Moreira Martins. Ele enfatiza também que a nova sinalização instalada nas ruas e avenidas vem sendo obedecida com mais atenção. “Todo o nosso esforço em fiscalizar e civilizar o trânsito de Canindé tem como objetivo central garantir segurança aos transeuntes e prevenir acidentes”.



Segundo o órgão, a maior parte das apreensões deve-se à documentação atrasada dos veículos, bem como falta de habilitação do condutor. Outras irregularidades freqüentes são ausência de documentação, avanço de sinal, veículo sem placa, infração à Lei Seca e menor conduzindo sem permissão. “Para coibir irregularidades, nossos agentes de trânsito estão diuturnamente de plantão”, afirma o secretário.

Nenhum comentário

Pedimos aos usuários que logo abaixo da caixa de comentários ao invés de anonimo, coloquem nome/url e coloquem a identificação a fim de comprovar seus cometários, é muito importante que vcs se identifiquem assim suas opiniões serão mais aceitas. Aos que persistirem no anonimato será feita a devida moderação nas palavras e afirmações comentadas.

Não utilizem palavras ou frases que ataquem ou agridam a outrem direta ou indiretamente, o portal C4 Notícias modera os comentários mas não se responsabiliza pelas opiniões deixadas por seus leitores.

att
Equipe C4 Notícias