01 julho 2013

Canindé tem o terceiro maior deficit previdenciário do Estado do Ceará.

Futuro de servidores municipais de  Canindé, Choró, Quixadá,Boa Viagem, Quixeramobim e Solonópole é incerto.

Uma palestra realizada pelo advogado Valdecy Alves, procurador jurídico de vários sindicatos e da Federação dos Servidores Públicos Municipais do Ceará – FETAMCE, deixou servidores municipais em alerta sobre os rombos nas previdências municipais em vários municípios cearense. Alves garantiu que os “regimes próprios de previdência social no Ceará estão em estado de coma – vitimados pela corrupção, pela incompetência e pelo descompromisso”, destacou.

Conforme o especialista em direito previdenciário, dos 55 municípios cearenses que adotaram tal regime, 53 estão falidos – o mesmo ocorre a nível de Estados da federação e das capitais estaduais, “o rombo dos RPPS nos municípios do Ceará ultrapassa os R$ 11 bilhões de reais”.

O doutor Valdecy Alves explica o que está por trás desse regime, “os Municípios criam regime próprio de previdência social (RPPS) primeiro para diminuir despesa de 22% para 11% em média, segundo, para fugir dos parcelamentos do regime geral, em terceiro lugar, pela compensação previdenciária, visto que a contribuição anterior foi de 22%, quarto, pelo poder político que conceder benefícios previdenciários; quinto, arrecadar de pensionistas e inativos; sexto, o servidor tem direito a abono de permanência não podendo aposentar-se e continuar trabalhando como no RGPS; sétimo, ficar com as verbas e deixar parcelamentos para futuras gestões; oitavo, apropriar-se de verbas previdenciárias sem riscos de ser denunciado ou ter descontos no FPM.”

Na pesquisa, foi constatado que, em Quixeramobim não há saldo em conta, mesmo assim, em breve se aposentarão mais de 400 servidores.

A situação dos municípios da região do Sertão Central cearense é complicada e há um déficit assustador. Em Boa Viagem é de R$ -323.843.760,67; Canindé R$ -497.831.010,79; Choró R$ - 12.999.077,37; Quixadá R$ -404.168.588,41; Quixeramobim R$ -348.345.286,42; e Solonópole -R$ 17.846.586,83.

Confira a situação de seu município (veja aqui)

*Elaboração da pesquisa: Dr. Valdecy Alves; dados: Dra. Ilíada Karnak; analise de dados: Dr. Frid Alves e Dra. Mara Paula.




Um comentário:

  1. infelizmente estamos sofrendo com as consequencias de mal gonverno. e agora fica o povo as minguas, enquanto os corruptos ficam rindo atoa. o povo tem que acorda mesmo, e exigir leis mais duras contra essas impunidades. A justiça tem que obriga a devolver o que foi extraído. da população. Só assim poderão pensar duas vezes antes de meter a mão dinheiro público. Mas tem que valer, não dizer que tem se não fazem o certo.
    Cabe ao povo acompanhar, quem eles votam e revindicar pelos seus direito.

    ResponderExcluir

Pedimos aos usuários que logo abaixo da caixa de comentários ao invés de anonimo, coloquem nome/url e coloquem a identificação a fim de comprovar seus cometários, é muito importante que vcs se identifiquem assim suas opiniões serão mais aceitas. Aos que persistirem no anonimato será feita a devida moderação nas palavras e afirmações comentadas.

Não utilizem palavras ou frases que ataquem ou agridam a outrem direta ou indiretamente, o portal C4 Notícias modera os comentários mas não se responsabiliza pelas opiniões deixadas por seus leitores.

att
Equipe C4 Notícias

Copyright © C4 - Notícias de Canindé | Designed With By Blogger Templates
Scroll To Top