Últimas Notícias

Rádio Jornal realiza debate sobre Hospital Regional

A Rádio Jornal de Canindé realizou na tarde desta terça-feira 28 de maio uma mesa redonda de entrevistas que aconteceu no Programa Falando Francamente – Apresentado pelo Radialista Wellington Lima ocasião que foi discutida a situação ora vivida pelo Hospital Regional São Francisco. A referida discussão teve por objetivo conscientizar e mobilizar a opinião pública em torno dos problemas enfrentados no Hospital, com ênfase em ideias e na busca de melhorias para a nossa unidade de saúde, pois
entendemos que através desse momento a nossa população saberá de fato o que vem ocorrendo e também poderá opinar a cerca dos casos que ocorrerem no dia-a-dia. Participaram da mesa o Presidente da Sociedade Hospitalar São Francisco de Canindé Frei João Sannig, Diretor Administrativo do Hospital Dr. Jorge Noé, Presidente da CDL Paulo Magalhães Filho, Presidente do Conselho Municipal de Saúde Dra. Dalva Uchôa  Presidente da Câmara Municipal Pedro Mirialdo e a Vereadora Karlinda Coelho membra da Comissão de Saúde da Câmara. Foram enviados convites para a Secretária de Saúde de Canindé Dra Aline Macedo e para a Coordenadora da 5ª Regional de Saúde Dra. Célia Viana mas ambas não compareceram e nem mandaram representantes. Durante a mesa redonda foi apresentado pela direção do Hospital os problemas e que providencias podem serem feitas para melhorar a situação. Os representantes da Câmara anunciaram que no inicio do mês de junho haverá uma audiência pública para discutir esses problemas.

Fonte. RJ

3 comentários:

  1. Parabéns ao radialista pela iniciativa. Em relação ao Hospital São Francisco tenho a opinar que a melhor solução seria burcar parceria ao invés de centraliza o poder do hospital e uma sociedade religiosa, ou seja, transformar em uma Organização Social de Saúde (OSS), por serem entidades filantrópicas e que, de longa data, colaboram com o Estado, possuem profundo conhecimento técnico do setor e podem ajudar significativamente com atuação técnica e gerencial também no modelo PPP - Parceria Público Privada. Acho que o melhor seria inovar... e a forma que vem dando certo em muitas unidades de saúde do país é a PPP - Parceria público-privada que é o contrato pelo qual o parceiro privado assume o compromisso de disponibilizar à administração pública ou à comunidade uma certa utilidade mensurável mediante a operação e manutenção de uma obra por ele previamente projetada, financiada e construída. Em contrapartida há uma remuneração periódica paga pelo Estado e vinculada ao seu desempenho no período de referência. Alguns exemplos de obras realizada por PPPs são vagas prisionais, leitos hospitalares, energia elétrica, autoestrada dentre outras.

    Os últimos anos têm sido marcados por uma aumento da colaboração entre setor público e o privado para o desenvolvimento e operação de infraestruturas para um leque alargado de atividades economicas. Assim os acordos das parcerias público-privadas (PPP) são guiados por limitações dos fundos públicos para cobrir os investimentos necessários, mas também dos esforços para aumentar a qualidade e a eficiência dos serviços públicos.

    As quatro principais regras para o setor privado num esquema de PPP, são:

    - Providenciar capital adicional;
    - Fornecer capacidades alternativas de gestão e implementação;
    - Acrescentar valor ao consumidor e ao público em geral;
    - Melhorar a identificação das necessidades e a otimização dos recursos;

    ResponderExcluir
  2. Quer ficar por dentro do mundo TI além de aprender a cada dia com uma nova postagem diferente ? No Universo Digital são abordados os mais diferenciados assuntos, estamos no começo mas mais materiais estarão sendo postados para o crescimento do seu conhecimento! http://universodigitalti.blogspot.com.br/

    Universo Digital
    universodigitalti.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Cadê aquele que resolveria todos os problemas do HOSPITAL REGIONAL SÃO FRANCISCO? Não resolveu? Já estamos c/ cinco meses e até a presente data nada mudou no hospital. Que pena! Tanto papo e o povo caiu mesmo. Quem muito promete nada faz população. Acredito mais naquele que é calado pois, suas ações ele mostra com trabalho e não c/ papo. Tenho pena do povo de Canindé mas, foi o povo que desejou dessa maneira.

    ResponderExcluir

Pedimos aos usuários que logo abaixo da caixa de comentários ao invés de anonimo, coloquem nome/url e coloquem a identificação a fim de comprovar seus cometários, é muito importante que vcs se identifiquem assim suas opiniões serão mais aceitas. Aos que persistirem no anonimato será feita a devida moderação nas palavras e afirmações comentadas.

Não utilizem palavras ou frases que ataquem ou agridam a outrem direta ou indiretamente, o portal C4 Notícias modera os comentários mas não se responsabiliza pelas opiniões deixadas por seus leitores.

att
Equipe C4 Notícias