Últimas Notícias

MPF abre procedimento para investigar contratos para construção de cisternas

A investigação tem por base reportagem veiculada na imprensa local, que aponta possíveis irregularidades em convênio

08/05/2013 O Ministério Público Federal (MPF) em Limoeiro do Norte abriu procedimento de investigação para apurar possíveis irregularidades em convênios firmados entre o Governo do Estado e a ONG Instituto Vida Melhor, localizada em Canindé (CE). A parceria teria sido feita para a construção de 3.524 cisternas em comunidades atingidas pela estiagem no Ceará.


O procedimento de investigação foi instaurado pelo procurador da República Luiz Carlos Oliveira Júnior, com base em reportagem veiculada pelo jornal O Povo, no último dia 3 de maio. Se constatadas irregularidades no convênio firmado entre a ONG e o Governo do Ceará, o MPF deve ingressar com ação civil ou criminal, a depender do que for observado durante as investigações.

De acordo com a matéria publicada no jornal O Povo, uma Organização Não Governamental (ONG) que já foi presidida pelo atual prefeito de Canindé, Celso Crisóstomo (PT), firmou convênios de cerca de R$ 5,8 milhões com o Governo do Estado entre 2010 e 2011. "Em torno da ação, contratos envolvendo familiares do petista, empresas de estrutura precária ou quase inexistente e licitações mergulhadas em fatos controversos", diz trecho da reportagem.

Assessoria de Comunicação Social
Ministério Público Federal no Ceará

5 comentários:

  1. VAI COMEÇAR A PONTA DA COISA GRANDE, LEMBRE SE DA R P A. JA JA VAI ESTOURAR A COISAS DO AGROPOLOS TAMBEM.

    ResponderExcluir
  2. Ainda bem que existe o MPF, porque não temos vereadores comprometidos com a população, temos apenas vereadores calangos que só balançam a cabeça.Para que serve esses vereadores? para nada.

    ResponderExcluir
  3. Oh caisa boa, todos sabemos que onde o MPF investiga sai gente afastada,cassada,presa e quem ganha com isso é a população. é bom que a partir deste início de investigação vai chegar nas famosas licitações do executivo e legislativo de Canindé.

    ResponderExcluir
  4. e ainda querem tirar o poder do ministério público de investigar fatos com esse. ainda temos em quem confiar, Deus nos livre que tudo ficassem nas mãos de deputados, senadores, vereadores, etc. aí sim, a farra com dinheiro público era muito maior. Pode até ser que acabe em pizza, mas pelo menos uma pressão pscológica tão sofrento, e nem sei se tão, são tão cara de pau, que talvez fiquem rindo da situação. pra finalizar, ainda vaiiiii?

    ResponderExcluir
  5. Esperamos que der certo ,o prefeito chamou os vereadores na quinta feita e teve uma boa conversa,na sexta estam todos caladinhos..

    ResponderExcluir

Pedimos aos usuários que logo abaixo da caixa de comentários ao invés de anonimo, coloquem nome/url e coloquem a identificação a fim de comprovar seus cometários, é muito importante que vcs se identifiquem assim suas opiniões serão mais aceitas. Aos que persistirem no anonimato será feita a devida moderação nas palavras e afirmações comentadas.

Não utilizem palavras ou frases que ataquem ou agridam a outrem direta ou indiretamente, o portal C4 Notícias modera os comentários mas não se responsabiliza pelas opiniões deixadas por seus leitores.

att
Equipe C4 Notícias