Últimas Notícias

Canindeenses aguardam com ansiedade a diminuição da taxa de iluminação pública de Canindé.

População de Canindé reclama de aumento abusivo na Contribuição para o custeio da Iluminação Pública e a deficiência na iluminação pública dos bairros Nossa cidade e localidades da zona rural.
O prefeito Celso Crisóstomo prometeu em campanha reduzir a taxa de iluminação pública, através de Projeto de Lei, Já faz quatro meses e a promessa ainda não foi cumprida!

Pois a cobrança de Iluminação Pública é uma taxa estipulada pelos municípios, por meio de lei, cabendo à Coelce apenas o cumprimento e arrecadação do valor determinado. Considero exorbitante a quantia
cobrada, porque a taxa é calculada sobre o consumo de energia elétrica, quando deveria ser mediante uma planilha de custo do município, pois o custo de manutenção ou implantação de energia elétrica nunca estará relacionado com o consumo, além disso, todas as vezes que houver reajuste do valor de energia elétrica haverá aumento injustificado da Contribuição de Custeio de Iluminação Pública. Essa é apenas uma das irregularidades, sendo que é de interesse do contribuinte que requeira junto a Coelce a separação de sua conta de consumo de energia da Contribuição de Custeio de Iluminação Pública.

Texto.: Júlio Marques Ferreira Lima. 

3 comentários:

  1. CANINDÉ Prefeito irá à Câmara se defender de acusações

    O prefeito de Canindé, Celso Crisóstomo (PT), afirma que irá nesta sexta-feira, 10, à Câmara do Município se defender das denúncias de supostas irregularidades em convênios para construção de cisternas.

    Na última segunda-feira, o vice-presidente da Câmara, Chico Justa (PTC), ameaçou encaminhar pedido de abertura de CPI contra o prefeito, caso o gestor não compareça à Casa para prestar esclarecimentos.

    O caso também provocou debates na Assembleia Legislativa. Na manhã de ontem, o deputado Fernando Hugo (PSDB) encaminhou ofícios ao Ministério Público do Estado (MP-CE) e TCE pedindo investigação sobre o caso. Segundo ele, a ação envolveria o prefeito de Canindé, Celso Crisóstomo, e teria “claros sinais de mau uso”.

    Em reação, o deputado Dedé Teixeira (PT) diz que o atual prefeito não exercia cargo público na época do firmamento dos convênios. Ele reforça que todo o processo foi feito regularmente e que as denúncias seriam tentativa de “desqualificar” o programa de construção de cisternas.

    O líder do governo Cid Gomes (PSB) na Casa, Dr. Sarto (PSB), saiu em defesa da atuação da SDA. Segundo o líder, a pasta possui toda documentação provando que realizou tanto a fiscalização dos convênios como a verificação da construção das cisternas.

    (Carlos Mazza)

    FONTE: http://www.opovo.com.br/app/opovo/politica/2013/05/08/noticiasjornalpolitica,3052297/prefeito-ira-a-camara-se-defender-de-acusacoes.shtml

    ResponderExcluir
  2. quero saber é dos pagamentos dos servidores? vocês tem alguma informação?

    ResponderExcluir
  3. A população de Canindé deve se mobilizar,sobre a questão dessa exorbitante taxa de iluminação pública que é cobrada no município de canindé,mas o prefeito na campanha eleitoral fez promessas de campanha que se eleito fosse reduziria a tarifa de iluminação pública,então vamos lá juntos com os vereadores cobrar esta promessa de campanha.

    ResponderExcluir

Pedimos aos usuários que logo abaixo da caixa de comentários ao invés de anonimo, coloquem nome/url e coloquem a identificação a fim de comprovar seus cometários, é muito importante que vcs se identifiquem assim suas opiniões serão mais aceitas. Aos que persistirem no anonimato será feita a devida moderação nas palavras e afirmações comentadas.

Não utilizem palavras ou frases que ataquem ou agridam a outrem direta ou indiretamente, o portal C4 Notícias modera os comentários mas não se responsabiliza pelas opiniões deixadas por seus leitores.

att
Equipe C4 Notícias