Últimas Notícias

Beneficiários do ProJovem terão manhã festiva com familiares e comunidade

Amanhã, sábado (4), a partir das 8h, acontece a solenidade de acolhimento dos mais de 700 jovens inscritos no programa ProJovem Adolescente através da Prefeitura de Canindé. O encontro acontecerá na quadra da Secretaria de Assistência Social (antigo CSU) com a presença do prefeito Celso Crisóstomo.

Na ocasião, os jovens vão conhecer todas as informações necessárias para o início das atividades do programa, numa manhã festiva de confraternização com suas famílias e toda a comunidade. Além do acolhimento, haverá atividades culturais e de lazer, como capoeira, apresentação de DJ, lanche e apresentação de forró pé de serra.

O encontro será uma oportunidade para os beneficiários conhecerem todas os programas de assistência social desenvolvidos pela administração municipal em parceria com os governos estadual e federal.

Em Canindé, as atividades do ProJovem Adolescente acontecerão nos turnos manhã e tarde, três vezes por semana, nos diversos locais indicados pela prefeitura. Dentre outras, serão oferecidas capacitações em informática, atividades culturais e esportivas, atividades artísticas e de formação pré-profissional e cidadã.

A Secretaria de Assistência Social está localizada na rua Sitônio Monteiro, s\n, Santa Luzia.

[Saiba Mais]

O Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos para Adolescentes e Jovens de 15 a 17 anos (Projovem Adolescente) tem por foco o fortalecimento da convivência familiar e comunitária, o retorno dos adolescentes à escola e sua permanência no sistema de ensino. Isso é feito por meio do desenvolvimento de atividades que estimulem a convivência social, a participação cidadã e uma formação geral para o mundo do trabalho.

O público-alvo constitui-se, em sua maioria, de jovens cujas famílias são beneficiárias do Bolsa Família, estendendo-se também aos jovens em situação de risco pessoal e social, encaminhados pelos serviços de Proteção Social Especial do Suas ou pelos órgãos do Sistema de Garantia dos Direitos da Criança e do Adolescente.

Os jovens são organizados em grupos, denominados coletivos, compostos por no mínimo 15 e no máximo 30 jovens. O coletivo é acompanhado por um orientador social e supervisionado por um profissional de nível superior. O Projovem deve também possibilitar o desenvolvimento de habilidades gerais, tais como a capacidade comunicativa e a inclusão digital, de modo a orientar o jovem para a escolha profissional consciente, prevenindo a sua inserção precoce no mercado de trabalho.*Com informações do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome.

Nenhum comentário

Pedimos aos usuários que logo abaixo da caixa de comentários ao invés de anonimo, coloquem nome/url e coloquem a identificação a fim de comprovar seus cometários, é muito importante que vcs se identifiquem assim suas opiniões serão mais aceitas. Aos que persistirem no anonimato será feita a devida moderação nas palavras e afirmações comentadas.

Não utilizem palavras ou frases que ataquem ou agridam a outrem direta ou indiretamente, o portal C4 Notícias modera os comentários mas não se responsabiliza pelas opiniões deixadas por seus leitores.

att
Equipe C4 Notícias