Últimas Notícias

Poeta Pedro Paulo Paulino, Homenageia Frei Lucas Dolle através de cordel.

ADEUS A FREI LUCAS DOLLE

Vinte e seis de fevereiro,
Quando o dia amanheceu,
Um fato muito brutal
Canindé entristeceu.
Durante o correr do dia,
Na cidade se anuncia:
Frei Lucas Dolle morreu.

Sozinho, se deslocava
Numa estrada da Bahia.
O carro dele tombou,
A notícia assim dizia.
Frei Lucas, infelizmente,
Com esse grave acidente,
Do mundo se despedia.
Com seus 83 anos
De vida paroquial,
Em Canindé se tornou
Um guia espiritual,
Um grande missionário,
Inesquecível vigário
Com trabalho social.

Carismático, Frei Lucas
Fez por nossa juventude
Um trabalho inesquecível,
E também pela saúde,
Construiu nosso hospital!
Tudo o que fez, afinal,
Comprova a sua virtude.

Ajudou na catequese
Do povo necessitado.
Olhou pelo Canindé,
Com tanto zelo e cuidado,
Que se tornou de repente
Um conterrâneo da gente,
Querido e muito estimado.

Para cá, trouxe a CNEC,
Excelente educandário.
No setor da educação
Transformou nosso cenário.
Por isso, Frei Lucas é,
Para sempre em Canindé,
O nosso eterno vigário.

Conseguiu a rodovia,
Como grande pioneiro,
Que ligou o Canindé
Com o Piauí inteiro,
No ano setenta e seis,
Facilitando de vez
A vinda de mais romeiro.

Estava sempre presente
Na vida comunitária,
Comungando com o povo
Da mais ampla faixa etária,
Como grande pregador.
Foi também um defensor
Da nossa Reforma Agrária

No Convento, na Paróquia,
Lá no altar franciscano,
Frei Lucas tinha o seu jeito
De tratar o ser humano
Como amigo e como irmão,
Transformando o seu sermão
No viver cotidiano.

Nas missões daquele tempo,
Foi o mais querido frade
Mensageiro da Palavra
De fé, amor e bondade,
Levando ao novo e ao velho
A mensagem do Evangelho
Com toda a sua Verdade.

Frei Lucas, com seu trabalho,
Fez uma obra tamanha,
Que Canindé, hoje em dia,
Por conta disso ainda ganha.
Muita coisa realizada
Foi com verba arrecadada
Na sua terra, a Alemanha.

Através do Dr. Tasso,
Governador do Estado,
Conseguiu um grande feito,
Por nós bastante sonhado:
A grande Praça de Assis.
Viva Frei Lucas! Feliz
Para nós foi seu legado.

Canindé deve a Frei Lucas
Muita coisa em sua história.
Como vigário, nos deu
Momentos de muita glória.
É nosso dever buscar
Seu nome perpetuar
Para sempre na memória.

Se os sinos não repicam
Em sinal de gratidão
A Frei Lucas, grande vulto
Desta terra, nosso irmão,
Redobra um toque divino:
É o badalar do sino
Dentro em nosso coração.

Vai com Deus, caro Frei Lucas,
Nosso choro é de alegria;
Choro sincero e de amor,
De saudade e simpatia.
Seu mundo era sua fé,
E pra você, Canindé
É maior que a Bahia.

O perdão, você deixou;
Seu amor, deixou também.
Só distribui a bondade
Quem muita bondade tem.
Frei Lucas cheio de Fé,
Adeus, todo o Canindé
Deseja-lhe PAZ E BEM!

Pedro Paulo Paulino
Canindé, 28/2/13






Portal C4 Notícias
Siga-nos nas redes sociais
Twitter - @c4noticias 

4 comentários:

  1. Frei Lucas Dolle, o sacerdote da pobreza, dos humildes, dos menos necessitados e do povão. Obrigado Frei Lucas Dolle pelo que você fez em Canindé. Frei Lucas, será lembrado pelos grande feito em canindé. Procurei na mente e concluir que ninguém (político ou outro sacerdote) fez tanto por Canindé como esse homem de Deus e no céu o mesmo estará sempre olhando para o nosso querido município.

    ResponderExcluir
  2. Bonita homenagem a Frei Lucas Dolle, Ofm, parabéns Pedro Paulo Paulino.

    ResponderExcluir
  3. Frei Lucas em Canindé tem 3 momentos; 1º Antes dele, 2º Durante todo seu convívio aki e o 3º Depois, será muito dificil aqui chegar um outro Vigário com todo o carismo igual ao dele. Descanse em paz.

    ResponderExcluir
  4. Padre Neri Feitosa6 de março de 2013 15:27

    Padre Neri FeitosaA Dor da Tragédia

    A renúncia do Papa Bento
    Trouxe forte e grande apreensão
    Ao Canindé trouxe maior consternação
    A morte de Frei Lucas

    Raio inesperado fulminou
    E uma família matou;
    Em Canindé maior surpresa
    Foi a morte de Frei Lucas.

    A tempestade levou a linha de ferro,
    Os passageiros se viram sem teto;
    Em Canindé maior agonia
    Foi a morte de Frei Lucas.

    A enxurrada levou a ponte
    Parados carros sem conta;
    Em Canindé maior aflição
    Foi a morte de Frei Lucas.
    Um tsunami horrível
    Cobriu parte do Japão;
    Em Canindé desastre terrível
    Foi a morte de Frei Lucas

    A boate Kiss pegou fogo
    Jovens morreram sem fôlego;
    Em Canindé maior gastura
    Foi a morte de Frei Lucas.

    A seca assolou o Nordeste,
    Afligiu todos como a peste!
    Em Canindé maior aflição
    Foi a morte de Frei Lucas.

    O jovem foi ao médico:
    “Você tem Caâncer”:
    surpresa horrível;
    Em Canindé surpresa maior
    Foi a morte de Frei Lucas.

    De repente morreu o pai de família.
    Consternação generalizada;
    Em Canindé dor maior espalhada
    Foi a morte de Frei Lucas.

    Madre Teresa, a da caridade,
    Mostrou a força da Religião;
    De igual credibilidade
    Foi a vida de Frei Lucas.

    A alegria reina em nossos corações
    Pela fé que temos na Providência.
    Podemos cantar nossas canções
    Pela ressurreição de Frei Lucas.

    É mais fácil o mar secar
    E o sol deixar de brilhar
    Do que em nosso peito apagar-se
    A memória de Frei Lucas.


    Ninguém chame fanatismo
    A expressão do nosso jeito
    Daquilo que está em nosso peito
    Sobre a figura de Frei Lucas.

    Padre Neri Feitosa



    ResponderExcluir

Pedimos aos usuários que logo abaixo da caixa de comentários ao invés de anonimo, coloquem nome/url e coloquem a identificação a fim de comprovar seus cometários, é muito importante que vcs se identifiquem assim suas opiniões serão mais aceitas. Aos que persistirem no anonimato será feita a devida moderação nas palavras e afirmações comentadas.

Não utilizem palavras ou frases que ataquem ou agridam a outrem direta ou indiretamente, o portal C4 Notícias modera os comentários mas não se responsabiliza pelas opiniões deixadas por seus leitores.

att
Equipe C4 Notícias