Header Ads Widget

Responsive Advertisement

Ministro Marco Aurélio pede vista no processo de registro de candidatura de Celso Crisóstomo.


O Tribunal Superior Eleitoral - TSE analisou mais uma vez na noite desta terça-feira, 19 de março de 2013, os embargos de declaração ao registro de candidatura de Celso Crisóstomo (PT).

O ministro Henrique Neves, que anteriormente havia pedido vistas do processo acompanhou o voto da relatora ministra Nancy Andrighi, que decidia por efeitos modificativos do julgamento anterior do TSE e o retorno do processo ao TRE/CE para aparecimento sobre a matéria.



Na ocasião o ministro Marcos Aurélio, ao proferir seu voto, pediu nova vista do processo alegando não ter sido enviado a ele documentos necessários para análise do processo.


Na ocasião a ministra Carmem Lúcia, presidente do TSE  concluiu o julgamento com resultado provisório de embargos acolhidos com efeitos modificativos pela relatora ministra Nancy Andrighi, seguidos pelos os ministros Henrique Neves, Laurita Vaz e Luciana Lóssio por acatar os recursos dos embargos de declaração de Celso Crisóstomo, com efeitos modificativos, com retorno dos autos ao TRE-CE para julgamento.


Decisão: 


Prosseguindo no julgamento, após os votos dos Ministros Henrique Neves da Silva e Luciana Lóssio, acolhendo os embargos de declaração, com efeitos modificativos, pediu vista o Ministro Marco Aurélio. Aguardam os Ministros Dias Toffoli e Cármen Lúcia (presidente).



Composição: Ministra Cármen Lúcia e Ministros Marco Aurélio, Dias Toffoli, Nancy Andrighi, Laurita Vaz, Henrique Neves da Silva e Luciana Lóssio.





Portal C4 Notícias
Siga-nos nas redes sociais
Twitter - @c4noticias


Postar um comentário

6 Comentários

  1. Por favor vocês poderiam fazer uma matéria informando a que ponto está a construção do aeroporto de Canindé. Será que mais um recurso será desviado?

    ResponderExcluir
  2. Somente após a ordem de serviço.

    ResponderExcluir
  3. Essa é do portal Canindé. Original mas bem parecida com a sua. Essa foi publicada na noite do dia 19. Isso é crime e da multa e Cadeia. Codigo de Etica do jornalista. Será q vc não estudo ou faltou essa aula?

    Na noite desta terça-feira, 19 de março de 2013, o Tribunal Superior Eleitoral - TSE analisou mais uma vez os embargos de declaração de Celso Crisóstomo.

    O ministro Henrique Neves que havia anteriormente pedido vistas do processo acompanhou o voto da relatora ministra Nancy Andrighi, que decidia por efeitos modificativos do julgamento anterior do TSE e o retorno do processo ao TRE do Ceará para manifestação sobre a matéria.

    Já o ministro Marco Aurélio Mello, ao votar, pediu novas vistas do processo alegando não terem sido remetidos para ele documentos necessários para análise.

    A presidente do TSE ministra Carmem Lúcia concluiu o julgamento com resultado provisório de embargos acolhidos com efeitos modificativos pela relatora ministra Nancy Andrighi, acompanhados pelos votos dos ministros Laurita Vaz, Henrique Neves e Luciana Lóssio de acatar o recursos dos embargos de declaração de Celso Crisóstomo, com efeitos modificativos, com retorno dos autos ao TRE do Ceará para julgamento, tendo pedido vistas do processo o ministro Marco Aurélio Mello.

    ResponderExcluir
  4. MARIA DAS DORES CAMPINAS CANINDE CE20 de março de 2013 21:42

    JUSTIÇA BRASILEIRA, QUE NÃO DECIDE UMA COISA DESSA. ATÉ PARECE GRANDE DIFICULDADE EM VOSSA MÃO TUDO ISSO JEITINHO BRASILEIRO. LEVANDA ESSA CABEÇA JUSTIÇA. ISSO È BRASIL DE RENAN E OUTROS MAIS

    ResponderExcluir
  5. Na cidade de São Francisco (MG)o PSDB e DEM coligaram e na convenção apoiaram Luiz Rocha Netto. Tudo sacramentado. Poucos dias depois apareceu um cara de nome VÉIM do PSDB que recebeu 100.000,00 e entrou na Justiça para impugnar a Candidatura de Luiz Rocha Neto.
    Está todo mundo atrás de dinheiro

    ResponderExcluir

Pedimos aos usuários que logo abaixo da caixa de comentários ao invés de anonimo, coloquem nome/url e coloquem a identificação a fim de comprovar seus cometários, é muito importante que vcs se identifiquem assim suas opiniões serão mais aceitas. Aos que persistirem no anonimato será feita a devida moderação nas palavras e afirmações comentadas.

Não utilizem palavras ou frases que ataquem ou agridam a outrem direta ou indiretamente, o portal C4 Notícias modera os comentários mas não se responsabiliza pelas opiniões deixadas por seus leitores.

att
Equipe C4 Notícias