Últimas Notícias

Quatro anos depois, como estão as promessas eleitorais?


Chega ao fim à gestão “Construindo o Progresso” uma gestão que sempre viveu em um mundo de fantasias, a começar por suas promessas de campanhas, obras faraônicas que nunca saíram do papel e das maquetes. O chefe do executivo começou sua gestão e terminou em “delírios” de um Canindé diferente, um Canindé melhor em todos os aspectos. 

Acredito que nossos leitores lembram-se das últimas entrevistas do atual gestor em sua emissora de rádio, onde o mesmo afirmava com muita convicção que Canindé é uma das cidades mais bem estruturadas dentre todas as cidades do país, pavimentação, saúde, educação, habitação, transporte... Enfim todas as áreas funcionando as mil maravilhas. 


As poucas obras que foram concluídas por esta gestão foram divulgadas no jornal diário do nordeste com o seguinte slogan: “Antes não tinha agora tem”. Sugiro um slogan mais verdadeiro “Antes não tinha agora continua sem ter e o que tinha foi destruído”.



Não iremos nos estender em nosso texto, basta lembrar a nossos leitores as promessas de campanhas não cumpridas pelo gestor maior deste município até o dia 31.12.2012. Que isso sirva de lição e que o povo canindeense possa cobrar mais de nossos políticos. 


Segue as propostas que fracassaram e não passaram de promessas.






















 O povo não deve ter medo do governo, o governo é que deve ter medo de seu povo.” - V de Vingança.

6 comentários:

  1. nada disso foi comprido. Só ficou na papel.

    ResponderExcluir
  2. ACABOU!

    GRAÇAS A DEUS!!

    ResponderExcluir
  3. Nada disso que esta postado aconteceu.A adm.do Claudio Pessoa foi um verdadeiro fracasso em todas as secretariasKKKKKKKK.Espera-se que o prefeito eleito Celso Nao caia na mesma burrice do Claudio,dizer no decorrer de sua adm.que nao esta fazendo nada porque encontrou a prefeitura com dividas dos es prefeitos,pois ele tem conciencia de como esta a mesma.Acho que ele esta falando demais e pode cair no mesmo buraco,para tristeza de muitos.

    ResponderExcluir
  4. Comprido foi até demais, quase que não chegava o fim. Que decepção,realmente ele não cumpriu suas promessas, no entanto louvamos a DEUS por esses 4 anos terminarem. UFA!!! Nem acredito, dar uma vontade de gritar bem alto: ESTAMOS LIVRES!!!

    ResponderExcluir
  5. Uma lembrança dessa gestão que não podemos esquecer é do único secretário que com sua filosofia de gestor público foi trabalhar na rua juntamente com seus comandados, esse secretário chama-se Valdemir Tomé homem que ganhou o maior prêmio ambiental ¨Chico Mendes¨.Todavia esse cidadão que conheci em uma rua com seu podadores de árvores onde fiz um simples pedido de podagem imediatamente fui atendido e em seguida pude conhecer sua capacidade de trabalho em um convite para palestra do meio ambiente com os alunos da rede municipal onde pude testemunhar a maneira correta de trabalhar com o povo.Fica minha lembrança desse grande secretário do meio ambiente Valdemir Tomé esse sim foi exemplo de gestor para essa caótica gestão.

    ResponderExcluir
  6. sobre valdemir tomé do meio ambiente este rapaz fez muita coisa que nao foi divulgado pela cidade, principalmente pelos mais carentes;levou minha tia p o hospital do cancer no seu carro , passamos o dia todo lá com ele e impressionante a simplicidade dele o AMOR a cidade de caninde este rapaz com sua ajuda evitou que minha tia tivese um cancer pois com sua rapidez e amizade discromimos logo. QUE DEUS TE ABENÇOE NUNCA VOU ESquecer O SEU GESTO.MAS deus sabe do seu coraçao, vc ajudou muita gente e muitos sequer agradeceram.esse sim eo CARA .

    ResponderExcluir

Pedimos aos usuários que logo abaixo da caixa de comentários ao invés de anonimo, coloquem nome/url e coloquem a identificação a fim de comprovar seus cometários, é muito importante que vcs se identifiquem assim suas opiniões serão mais aceitas. Aos que persistirem no anonimato será feita a devida moderação nas palavras e afirmações comentadas.

Não utilizem palavras ou frases que ataquem ou agridam a outrem direta ou indiretamente, o portal C4 Notícias modera os comentários mas não se responsabiliza pelas opiniões deixadas por seus leitores.

att
Equipe C4 Notícias