Canindé

[Canindé][bleft]

Regional

[Regional][twocolumns]

Servidores Municipais Angustiados com a Falta de Pagamento dos Salários.


O pagamento de salário “em dia” é uma norma que decorre de lei, imposta ao município perante aos servidores. Ao salário faz jus todos os servidores municipais que de algum modo prestam serviços a sociedade por meio dos órgãos públicos, não podendo estes ficarem refém da burocracia e dos recursos protelatórios que estão sendo apontados como motivos que levam a prefeitura a retardar de forma indefinida e continuada o pagamento dos salários de seus servidores... 

É público e notório o que acompanhamos mensalmente em nosso município, servidores efetivos, comissionados, contratados, aposentados, pensionistas e os que encontram-se de licença médica terem seus proventos de forma arbitraria “esquecidos pelo município, e não pagos”.
Resta evidente, portanto, como se diz na linguagem jurídica, a presença do fumus boni iuris(a informação possui suficiente base legal), uma vez que o município não busca meios para tentar regularizar toda essa situação. Um verdadeiro absurdo!... 



Lamentável diríamos... Imagine um pai de família acordar cedo e não ter dinheiro para comprar o pão ou o café para os filhos ou em uma emergência familiar não ter dinheiro para saná-la? Revoltante demais! 

Por outro lado, a falta de informações ou declarações por parte do município evidenciam a situação caótica pela qual estão passando os servidores públicos municipais e seus familiares, vale lembrar que tudo isso reflete no comércio local, pois sendo o salário verba de natureza alimentar, constituindo-se, em muitos casos, a única fonte de renda das famílias, e quando não há, gera danos irreparáveis e prejuízos de ordem patrimonial e moral para um incontável número pessoas – periculum in mora (risco de decisão tardia, perigo em razão da demora). 

Conclusão - o servidor municipal, seja ele qual for, está desamparado, abandonado, desassistido, e não há o mínimo de solução possível para essa problemática, uma vez que os poderes constituídos atuam de forma inertes a essa calamidade administrativa. A luz que ainda restava no fim do túnel, pelo visto apagou-se faz tempo. E agora? Como milhares de servidores vão regularizar suas contas: água, luz, mercearia, cartão de crédito, boletos bancários, empréstimos? Como irão comprar comida, algo essencial e vital? 

Aos servidores que estão com seus salários atrasados há muito tempo, saibam que somos solidários a suas angústias e anseios. QUE DEUS OS ABENÇOE! 


NOTA: Será que não é a hora de uma intervenção rápida por parte do estado ou de uma ação realmente digna de aplausos por parte dos órgãos locais? 



Colunista – P.A
Assessoria de Comunicação C4 - Notícias

Post A Comment
  • Blogger Comment using Blogger
  • Facebook Comment using Facebook
  • Disqus Comment using Disqus

Um comentário :

  1. Somente São Francisco por nós. O que seria do Canindé se não fosse os romeiros. Parece que acertamos em cheio quando colocamos pessoas incompetentes no poder. Seria bom se a justiça intervir-se e prendesse todos os larápios que meteram a mão em nosso dinheiro. Estamos a míngua, e não temos um salvador. OS VEREADORES SÃO CULPADOS POR TUDO ISSO.

    ResponderExcluir

Pedimos aos usuários que logo abaixo da caixa de comentários ao invés de anonimo, coloquem nome/url e coloquem a identificação a fim de comprovar seus cometários, é muito importante que vcs se identifiquem assim suas opiniões serão mais aceitas. Aos que persistirem no anonimato será feita a devida moderação nas palavras e afirmações comentadas.

Não utilizem palavras ou frases que ataquem ou agridam a outrem direta ou indiretamente, o portal C4 Notícias modera os comentários mas não se responsabiliza pelas opiniões deixadas por seus leitores.

att
Equipe C4 Notícias


Prefeitura

[Prefeitura][grids]

Ceará

[Ceará][list]

Nacional

[Nacional][bsummary]

Plantão Policial

[plantão policial][threecolumns]